Na linha de decolagem

Na linha de decolagem

Atualizado: Quarta-feira, 23 Janeiro de 2013 as 2:07

tsuruNão existe algo do tipo compromisso parcial. Quando o piloto de um grande avião encontra-se em alta velocidade numa pista de decolagem, existe um determinado ponto em que ele não poderá mais optar por permanecer no chão! Ao cruzar aquela linha, ele terá que fazer a aeronave subir ao ar ou causará um grave desastre.

Aquele piloto não poderá mudar de idéia depois que o avião alcançar dois terços da pista.

Infelizmente, nossas igrejas estão cheias de membros que "jamais deixarão o chão". Eles passam anos e anos com seus motores parados. Quando resolvem pegar a pista e estão próximos da linha de decolagem, Simplesmente param e causam sérios acidentes para si, e muitas vezes para outros passageiros que juntamente com ele deveriam decolar.

Enquanto não colocarmos em prática a nossa fé e aceitarmos as promessas do Senhor, nossas vidas continuarão apagadas, sem sal, sem perfume, sem brilho, não seremos nada, não alcançaremos nada, nossos sonhos não se concretizarão, nossos planos não sairão do papel e poderemos dizer até que, como cristãos, somos um desastre total.

Mas a situação pode ser mudada a qualquer momento! 

Com a ajuda do Senhor (Jeová / Yeshua) podemos retornar à pista de vôo. Podemos encher nosso tanque do combustível celestial, limpar os nossos motores até então ressecados, e com gozo e alegria no coração, subir em direção à vontade de Deus e desfrutar das grandes bênçãos preparadas para os que voam nas asas do Espírito.

O que não devemos, é permanecer conformados com uma vida estacionada, sem objetivos, sem anseios. Se prestarmos atenção à pista, veremos que estamos sobre a linha da decisão, da decolagem, do compromisso, do desligamento das coisas terrestres para uma nova vida em Cristo, plena, abundante e vitoriosa.

Com os potentes motores da fé, com o combustível da oração e com a rota traçada pela Bíblia, chegaremos com segurança aos lugares mais remotos, ao aeroporto da felicidade eterna. 

"Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças;
subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão;
andarão, e não se fatigarão" (Isaías 40:31)”.

 


(Texto original: Pr. Paulo Roberto Barbosa)

veja também