O pecado não dói

O pecado não dói

Atualizado: Sexta-feira, 22 Junho de 2012 as 2:53

Nossa maior vontade como cristãos, é nos afastar do pecado. Não lidamos bem com o fato de pecarmos, pois temos o entendimento de que o Senhor não se agrada disso.

Mas por mais que estejamos a vigiar, acabamos falhando: seja com um pensamento torpe, uma atitude impetuosa, uma palavra feia que sai de nossa boca, uma fofoca compartilhada meio que sem querer, uma discussão; e por aí vai...

Resumindo, queremos fazer o bem, mas somos tendenciosos para o mal. Mas por que isso?

A grande verdade é que o pecado é atrativo, é bonito, e gostoso. Se pecar fosse como um corte profundo e dolorido, ou como uma dor aguda de dente, quem gostaria de praticá-lo? Ninguém, com certeza.

Mas o pecado geralmente nos dá prazer, alimenta nosso ego, e agrada nossos olhos. Que maravilha poder ficar cada noite com uma pessoa bonita e não se importar com a consequência na alma!

Ir em uma balada prazerosa e não pensar no vazio que vem depois.

Assim como fofocar, brigar, contar aquela mentirinha, etc.

O PECADO É SEDUTOR!

Então entra algo que se chama “consequência do pecado”. Ele mancha aquele que o pratica, traz dor e leva à morte espiritual. Estamos falando daquele pecado cotidiano, que ja faz parte da nossa rotina...
Ele nos torna vulneráveis em nossa vida, para que o inimigo venha a nos atingir.

O pecado "amigo" nos afasta de Deus, e o desprazer que sentimos depois que o praticamos, é muito maior do que o prazer que sentimos naquele momentinho. Pois satisfazemos nossa carne, mas destruímos o nosso espiritual, e isso leva à morte! (Romanos 8:6)

Nossa luta contra o pecado precisa ser constante, pois enquanto estivermos neste mundo, seremos tentados.
É necessário renunciá-lo diariamente, nos arrependendo diante do Pai, que é misericordioso para nos perdoar.

“Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. 
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. 
Se dissermos que não pecamos, fazêmo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós” (1 João 1:8-10)

O PECADO NÃO DÓI, MAS MATA! (Romanos 6:23)


por Bruna e Rhanúsia

veja também