Perdida? Não mais...

Perdida? Não mais...

Atualizado: Quinta-feira, 17 Maio de 2012 as 2:28

Ela se esqueceu do que era mais importante e achou que conseguiria seguir sua vida sem assim. Queria provar pra si e pra o mundo que era capaz e seguiu...

Mas, deixou para traz a única coisa que a levaria para frente e por mais que caminhasse não ia a lugar nenhum, só se perdia.

Perdia-se nos medos, nas duvidas, n insensatez.

Mergulhada no seu eu, perdida em seus pecados.

Como voltar? Se já gastara toda sua força tentando continuar.

Como voltar? Se a vergonha tomara conta do seu ser.

Como voltar? Se tudo o que tinha era dor e medo.

Como voltar? Se o que a dominara era maior do sua força.

Sem forças, ela parou!

Ficou ali prostrada, pensou ser o fim, com o que sobrou da sua pequena fé, clamou.

E grande restaurador de almas veio, ele não havia se esquecido dela. E naquele lugar de dor, desesperança, medo. Veio o toque de amor!

Mal sabia ela que se clamasse ele viria. Se pedisse ajuda , ele viria.

Ah... se soubesse o poder da fé...

E, ela voltou... guardou no coração o que tinha de mais importante. E um novo caminho se abriu... tão melhor do que jamais imaginou. Agora, sozinha não caminharia mais... ELE prometeu que estaria com ela todos os dias e sempre cumpriu suas promessas.

 

Por Rebeca Marinho

veja também