Por que morreu Eloá?

Por que morreu Eloá?

Atualizado: Sexta-feira, 17 Fevereiro de 2012 as 12:53

Quem poderá saber?
A morte, sem aviso ou convite, traz seu corte.
Tensão nos morros, nas vilas, nos condomínios.
Onde vivem e se desenvolvem jovens sem domínios.
Tudo numa rápida e louca vida.
Com sonhos de partida e passagens só de ida.
Mas, por que morreu Eloá?
Que não se interfira na ferida que fere.
O peito, a alma, a saudade.
Por mais um adolescente que vai.
Que cai, que geme, que cala, que ai.
Por que morreu Eloá?
Escolhas erradas?
Amores proibidos?
Limites ultrapassados?
Fatalidades da idade?
Sorte, azar e morte?
Por que morreu Eloá?
Por ciúmes que dói e arde?
E nunca vai, nem que seja tarde?
Eloá vivia num mundo sem Eloim.
Individualismo, hedonismo, egoísmo.
Materialismo, secularismo, distanciamento.
Tudo isso gerando uma inexplicável carência.
Por conta de uma falsa independência.
Assim caminha nossa sociedade.
Aniquilando sua reserva de capacidade.
Com hábitos, costumes e valores insanos.
Que mais e mais retiram Eloim da equação.
E em si mesmo crê e adora.
Não sei por que morreu Eloá.
Só sei que uma bala fez cessar sua vida.
Denunciando, avisando e implorando:
Num mundo sem Eloim se matará outras Eloás.
Eloás que ainda vivem, incluam Eloim em suas histórias.
Para que casos de morte sejam só memórias.
Numa nova realidade com Ele.
Na conquista de vitórias.
Rendendo, ad eternum, para Ele, glórias.
Paz!

 

Por Edmilson Mendes

veja também