Preocupado?

Preocupado?

Atualizado: Segunda-feira, 19 Dezembro de 2011 as 4:11

LEITURA BÍBLICA

Lucas 12:22-34

Onde estiver o seu tesouro, ali também estará o seu coração (Lc 12.34).

A vida é cheia de coisas preocupantes que nos deixam ansiosos, não é? Por exemplo: se vamos arranjar emprego e, uma vez arranjado, se vamos mantê-lo. Se o mantivermos, se seremos promovidos e, nesse caso, se ninguém vai puxar nosso tapete, e por aí vai. A lista é imensa. O que podemos fazer quando estamos ansiosos ou preocupados?

Nada! Ooops... desculpe... podemos orar!

Interessante: no texto que lemos, Jesus nem menciona a oração. Será que não devemos orar pelo que nos preocupa? Sim e não! Sim, porque devemos orar sempre. Não, porque certas questões não são apenas objeto de oração, mas de ação e reorganização. Neste texto, Jesus diz que os pagãos (os que não conhecem Deus) é que se preocupam com o básico, como comida e vestuário, e continua dizendo que Deus sabe que precisamos disso.

A verdade é que a maioria de nós já tem o básico (comida, roupa e moradia). Não há por que tanta ansiedade, mas nossas preocupações com o excedente apontam o foco real da nossa vida. A questão aqui não é irresponsabilidade e comodismo, mas reavaliar aquilo que de fato nos ocupa (ou... pré-ocupa). Cabe perguntar: onde ficam os interesses de Deus na sua vida? Ele já prometeu suprir nossas necessidades se buscarmos primeiro o seu Reino. Então, por que preocupar-se com o básico quando vivemos de acordo com seus padrões? É fácil os interesses e o bem-estar pessoal – o meu reino – se tornarem o foco de orações egocêntricas.

Uma vida tranqüila baseia-se em priorizar o que Deus classifica assim: manter contato com ele e canalizar sua justiça e suas bênçãos a um mundo injusto e necessitado. Este seria o nosso papel principal – do resto Deus cuidará - e ele é digno de confiança em cumprir o que promete. Então, ore para entender as prioridades do Pai, faça tudo o que deve e nada que não possa; depois descanse e busque viver pelo que realmente vale a pena! - WMJ

Deus quer cuidar de nós – mas é preciso deixar o cuidado nas mãos dele.

veja também