Saudade de Deus

Saudade de Deus

Atualizado: Quarta-feira, 14 Dezembro de 2011 as 1:09

'Vê-lo-ei por mim mesmo, os meus olhos o verão, e não outros; de saudade me desfalece o coração dentro de mim'. – Jó 19.27

Um dos privilégios do nosso idioma é possuir uma palavra exclusiva para definir o sentimento da lembrança ou da falta – saudade. Saudade pode ser abstrata na definição, mas concreta para quem a possui.

Um dia, Jó perscrutando o coração, percebe a falta de alguém muito especial para sua vida – Deus. Mas como alguém poderia sentir saudade de um ser que não viu? É fácil compreender o sentimento de Jó, porque somos humanos como ele. A humanidade teve uma origem, o Jardim do Éden. Neste lugar, além de tudo estar em perfeito equilíbrio, havia um encontro pessoal e diário com o Criador. Não fomos criados para o sofrimento e a morte. Fomos criados para uma vida equilibrada e feliz, em completa harmonia com o Todo-Poderoso. Quando isto não ocorre o sentimento espiritual é – saudade.

Há momentos na vida, quando tudo está calmo, somos invadidos por uma profunda saudade – a saudade existencial. Não é falta de uma comida que gostamos, de alguém que amamos ou de algum bem material.

Embora sejam as nossas primeiras reações, a falta é de Deus. Nossas projeções se não forem canalizadas adequadamente podem até ser desastrosas. Os rios são para o mar, as estrelas para o céu e nós para Deus.

O dia glorioso avizinha-se que encontraremos pessoalmente o autor do universo e da vida. Na eternal cidade de ouro transparente, na praça central, na companhia dos anjos e dos salvos de todos os tempos, “mataremos” a saudade do Senhor. Poderemos dizer ao Cristo Vivo, a declaração de amor escondida no peito, por Ele ter dado a Sua vida em nosso lugar. Enquanto este dia não chega, podemos nos preparar ouvindo Seus conselhos de amor através da Bíblia; descobrindo os propósitos específicos para nossa vida; fazendo dEle nosso melhor amigo através da oração; e servindo-O diligentemente.

Jó para descobrir a saudade de Deus teve que perder os filhos, a companhia da esposa, os bens e a saúde. Assentado num monte de cinzas, humilhado, alquebrado, rende-se dizendo: "Quero ver a Deus o quanto antes", "Estou com uma tremenda falta de Deus" – 'Meu coração pulsa acelerado por Deus" – Paráfrase. E você, vai ser por amor ou pela dor? Que seja pela graça salvadora de Jesus!

via: Sou da Promessa

veja também