TV e você, tudo a ver?

TV e você, tudo a ver?

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 10:09

Texto Chave: "Os olhos são a janela da alma". (Mateus 6.22b.)

Se existe algo que tem trazido uma influência à população brasileira é o aparelho de televisão. A TV ocupa um lugar muito importante na casa de milhões de brasileiros. Segundo o Ibope, pelo menos 92% dos lares brasileiros têm uma televisão. Para muitos ela tem forte influência, alguns chegam a copiar tudo ou quase tudo que vê na televisão.

Atualmente, entre as famílias, o único momento em que elas se reúnem é assistindo a algum programa na TV, e mesmo assim o ambiente se mantém em silêncio.

O objetivo desta lição não visa a proibição de assistir TV, mas ensinar aos adolescentes a serem espectadores que sabem selecionar o que assistem. E com isso não ser uma cópia exata daquilo que veem.

Por que a TV pode influenciar tanto as pessoas?

Existem vários motivos que mostram o porquê de a TV trazer tanta influência na vida das pessoas. A 'telinha' tem ocupado o lugar e a responsabilidade de outros. Crianças e adolescentes têm sofrido muito por causa da influência negativa que alguns programas trazem para todos. Atualmente, as pessoas não são mais educadas pelos pais (de uma maneira geral). E quando um ser humano não tem o ensino da família, falta a base de princípios e valores. Com esta ausência, para quem passa muito tempo diante da telinha, quem ensina é a TV. E as informações que são recebidas acabam se tornando verdade, e ditam um comportamento.

Outro motivo que faz a TV ter tanta influência é o fato de as pessoas passarem mais tempo a assistindo ao invés de passar tempo com a família, lendo a Bíblia e livros (Oséias 4.6a).

Muitos pais acham que deixando os filhos vendo TV os  livrará dos perigos das ruas, drogas e da violência. Mas quanto mais tempo se passa 'investindo', em frente à telinha, mais vulnerável se tornam diante das informações erradas que alguns programas de TV passam.

A TV também mexe com as emoções e a com a mentalidade, ela traz impacto imediato, faz qualquer um ficar interessado pelo assunto tratado. O conteúdo é ignorado, mas o que importa é o que está acontecendo. As emoções influenciam a ação de cada um. Alguns chegam a cometer loucuras por causa disso.

Qual é a semelhança entre você e a TV?

Muitos não conseguem entender que existem semelhanças, mas elas existem, e são mais comuns do que imaginamos. Atualmente, diversos programas na TV brasileira divulgam vários assuntos que confrontam e colidem com os valores morais cristãos. Sexo livre, consumismo, vaidade, corpo perfeito dentre outros são alguns dos padrões mais bombardeados.

Todas essas mensagens são transmitidas através de diversos programas, reality shows, novelas, minisséries e filmes. Assim, discretamente, têm sido usados para difundir a relativização de valores e princípios que outrora eram inegociáveis.

Não é no imitar as falas da televisão que mora a semelhança, mas sim, nos detalhes que às vezes passam despercebidos. Como por exemplo: alguns jargões e frases ou até mesmo a divulgação de algumas ideologias pregadas por algumas emissoras que vão contra a Palavra de Deus.

A pergunta então é: Quem Sou Eu?

O que a TV me fez ser? Ou aquilo que realmente sou?

O que faço por causa da TV?

Como me pareço com a TV? Modismo. Moda, gírias, opiniões

Cuidado, pois ela pode se tornar o seu pior inimigo

Muitos pensaram que a TV seria a 'Besta do Apocalipse' ou o próprio demônio, ela não é. Mas pode se tornar a pior inimiga ao se permitir que ela domine o tempo, pois qualquer um que passa grande parte do seu dia diante da telinha acaba se afastando das pessoas,  tornando-se uma pessoa insociável. A falta de tempo faz com que a pessoa não conviva com a família, e assim a base da sociedade e a noção de "certo e errado" se dissolvem.

A escolha em fazer da TV a prioridade número 1 na vida faz com que ela se torne a pior inimiga de quem a vê, porque muitas pessoas veem a vida como uma fantasia (imaginam realidades que nunca vão existir). Além disso, são influenciadas porque veem alguns programas ou emissoras que divulgam falsas filosofias, seitas e heresias, religiões, nova era (símbolos), satanismo, evocação de demônios, esoterismo, macumbaria, a ênfase no prazer, no sexo livre, o desrespeito as autoridades, manipulação da verdade, a valorização do consumismo, mentiras e fofocas (2 Pedro 2.14). Fazem muitos se perderem achando que o que aprendem com a TV é verdade total ou acabam vivendo coisas que só são verdade na TV.

Então o que fazer?

Será que a solução então é não ver mais TV?

É claro que não. Todo mundo pode aprender algo na TV, e ela não tem só ensinos ruins ou que vão destruir a vida das pessoas.

Todo cristão tem como base para sua vida a Palavra de Deus. Portanto, à luz da Bíblia a pergunta é o que devo ver na TV? Então, é necessário conhecer os ensinos da Palavra de Deus para que qualquer um possa saber analisar o que está vendo e se está de acordo com os princípios de Deus. A TV pode ser instrumento de edificação, lazer, crescimento familiar e espiritual, desde que qualquer pessoa que a veja, tenha a consciência firmada em Deus. Com isso qualquer um saberá filtrar o que é bom e ou ruim (Filipenses 4.8 e Mateus 18.9).

veja também