Um roteiro particular

Um roteiro particular

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2011 as 10:28

Acordei um pouco triste ontem, não sei explicar bem a causa, mas sei bem que era um daqueles dias que eu não queria ter saído da cama, não mesmo, pude sentir isso desde o primeiro raio de sol. A alguns dias meu coração andava angustiado e sem rumo, mas naquela manha parece que o nó apertou mais forte, pensei ser o famoso estresse, pensei, procurei causas aparentes, e o vazio permaneceu sem solução, sem preenchimento instantâneo.

Enquanto tomava meu banho, montei um filme na minha cabeça, me lembrei de boa parte das coisas que tinha feito nos últimos meses, o pior foi assistir ao meu próprio filme Trash, com direito a flashbacks e cenas comentadas, além do roteiro ser uma verdadeira desordem, o ator principal daquele filminho não era muito bom, era do tipo atrapalhado e sem sal, e eu já ia me esquecendo, eu era o ator, e pra piorar eu era o diretor daquele trash de quinta categoria, neste momento já não era apenas meu coração que estava vazio, eu estava criando um buraco negro no cérebro, sugando tudo o que é de ruim por aí.

Levei meu dia até que normalmente, tratei as pessoas normalmente, mas no fundo eu não estava “normalmente”...

De minutos em minutos me pegava olhando pro nada, com o pensamento longe, e só despertava quando via uma mão acenando em minha frente com alguém falando alto, ACORDE, eu apenas sorria amareladamente.

O filme ainda rodava na minha mente, só que agora em rápidos flashes, era mais ou menos um trailer dos piores momentos, entende?! Sentia vergonha de mim, eu realmente não sou um bom ator... Pra tentar frear meu cérebro, coloquei fones nos ouvidos e zapeei estações de rádio, é realmente nada estava me agradando, foi quando um som diferente entrou em meus ouvidos, e fez o coração sentir algo novo, a voz do outro lado dizia...

Pode ser que o sol pela manhã não volte a aparecer,

Pode ser que talvez esqueçam o que eu realizei,

Porém eu não perderei a fé nem deixarei de confiar

Em Ti... Confiar em Ti

De joelhos em amor eu vou viver... Milagres ocorrem quando de joelhos...

Eu estou...

"Estava escolhida a trilha sonora do meu novo filme"...

canção me fez olhar mais fictamente pro nada...

E sabe, ela me fez entender que eu estava fazendo tudo pelos meus próprios meios, eu estava esquecendo de confiar, de acreditar e o pior de amar a Deus, ao meu Pai, senti mais vergonha de mim, fui pra longe dos olhares que me observavam, fechei meus olhos, era só eu e Deus naquele momento, pedi perdão, orei a Ele, e tive a certeza que o vazio que sentia, era a falta do meu Pai comigo, e consegui compreender que era eu que estava me afastando dEle, não Ele de mim, eu estava alimentando o buraco negro da minha mente mais ninguém, eu estava deixando Deus de lado, e ainda assim Ele cuidava de mim pacientemente...

Se no dia de amanha eu cair, se eu chorar, eu sei que posso confiar, e daqui em diante eu não resisto apenas com as minhas forças... Eu acredito em Cristo!

"Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará." Salmos 37:5

Por Thiago Macedo

veja também