Você realmente serve o verdadeiro Deus?

Você realmente serve o verdadeiro Deus?

Atualizado: Quarta-feira, 27 Julho de 2011 as 11:18

“E depressa se tem desviado do caminho que eu lhe tinha ordenado; eles fizeram para si um bezerro de fundição, e perante ele se inclinaram, e ofereceram-lhe sacrifícios, e disseram: Este é o teu deus, ó Israel, que te tirou da terra do Egito.” - Êxodo 32:8

Que grande mal é esse relatado em Êxodo, quando o povo em demonstração de extrema rebeldia, deixa os retos caminhos do Senhor para servir ao seu deus particular, um deus estranho e criado, hoje prefiro chamar esse mesmo ato de “buscar um deus alternativo”

A palavra alternativa nos dá opção de escolha, e como é de se imaginar sempre haverá uma escolha para o que irá trazer melhor satisfação, o que dará mais certo ou qual é a melhor opção.

O deus alternativo caminha no mesmo sentido, as pessoas buscam um deus segundo suas escolhas e desejos.

Se o inferno é duro demais, ou uma realidade terrível para um deus de amor, eles tiram o inferno de sua opção e ai temos um deus alternativo, amoroso, lindo, que nunca se ira e que está sempre de olhos tapados para qualquer tipo de desobediência dos seus queridos filinhos mimados.

Se uma noite de festa, bebedeiras e sensualidade é prazerosa e traz felicidade, logo há um deus alternativo que quer que os seus filhos sejam felizes, e que se divirtam e vivam os seus finitos dias na terra aproveitando o máximo possível, um deus que diz sempre a mesma frase “curta que a vida é curta”

Se eu decido amar alguém do mesmo sexo, ou quem sabe até, duas, ou três pessoas ao mesmo tempo, logo o deus alternativo entra com sua mão, legalizando esse pequeno deslize, tornando assim a vida menos preconceituosa quebrando princípios que muitas vezes aos olhos desse deus e do seu povo, são simplesmente culturais e preconceituosos.

O deus alternativo é o deus fabricado pelos corações daqueles que não querem nascer de novo, que não gostam de estar em condição inferior, daqueles que não gostam de dizer “ Me perdoe, pois sou pecador” , o deus alternativo é o deus mais simples de ser encontrado pois não tem leis, princípios e nem moral. É como um bezerro de ouro, feito a qualquer momento, por qualquer tipo de pessoa, onde quer que esteja, com qualquer tipo de material.

Mas o deus alternativo não tem poder para salvar, não fala, não ouve, não aconselha e nem vê. É um mero deus pagão, inexistente, invenção humana e quando se precisar dele, haverá apenas um silêncio....

“Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram. Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.” – Salmo 115

Somente o Deus da bíblia é Deus, somente ele tem poder para salvar, é eterno, não morre, não erra, não precisa de defensores, é justo, juiz de toda terra, ama seus filhos e os salva. Um Deus tremendo, que ordena e tudo acontece, esse sim é Deus e ninguém pode com sua potente mão!

De tão grande que é, acolhe todo aquele que crê e se achega reconhecendo seus erros, e assim então encontra paz, vida e salvação.

Texto de Italo Guimarães Via Teorlogico  

veja também