Deus e o Ar

Deus e o Ar

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:25

Dias atrás, voltando para casa depois de um dia de trabalho, passei na padaria para comprar pães, pensando no lanche da família no final da tarde. Encontrei uma pessoa que já frequentou nossa comunidade e que há algum tempo está afastada da comunhão. Depois de um tempo abordando diversos assuntos cotidianos, falei da falta que estava sentindo de sua presença nas atividades da igreja. A resposta que ouvi me fez refletir e investir um tempo maior na conversa: "Pastor, cheguei à conclusão que não preciso da igreja para sentir Deus, em qualquer lugar e a todo tempo no meu dia eu sinto Deus em minha vida". Concordei integralmente com a resposta e fui além, comentei que neste aspecto, poderíamos comparar Deus com o ar que respiramos. Está em todo o lugar, não o vemos, não podemos tocá-lo, mas sim, senti-lo e depender totalmente dele para continuarmos a existir.

"Preciso de Ti! Mais que o ar que eu respiro, preciso de ti!". O poeta captou o sentido real da importância de Deus para nossa vida. Assim como necessitamos do ar, precisamos d’Ele a cada segundo. Não somente por fora para aliviar nosso calor, deslocar objetos ou até mesmo produzir energia, mas de forma vital, precisamos do ar por dentro, a cada segundo e em cada célula, renovando e alimentando nossa existência. A resposta que obtive na conversa da padaria é sensata. Não é só na igreja que encontramos ar/Deus. Deus está em todos os lugares e necessitamos d’Ele 24 horas por dia. Não conseguiríamos sobreviver se somente no ambiente religioso houvesse ar/Deus para a manutenção da vida. Mas então, por que é importante a frequência a igreja?

Quando uma pessoa está com problemas respiratórios e necessita de acompanhamento médico-hospitalar, na verdade, ela não está com falta de oxigênio, que, diga-se de passagem, está disponível em toda a atmosfera, mas sim, da solução do seu problema respiratório para que volte a respirar normalmente. Nesta comparação, a igreja pode ser identificada com o hospital onde, de forma terapêutica e preventiva, buscamos solucionar nossas dificuldades "respiratórias" e, assim, vivermos em todos os lugares, experimentando Deus em cada segundo da vida. De fato, acreditar que só na igreja temos a possibilidade de sentirmos Deus é reduzir a onipresença divina a um espaço que não O comporta. Avalie se você está com as vias respiratórias liberadas e em ordem. Vírus, bactérias, problemas genéticos e hereditários, vícios, poluição e outras dificuldades geram doenças que impedem uma respiração ideal.

Cuidado com os lugares e pessoas com quem você se relaciona, diminua os riscos de uma contaminação das suas vias respiratórias. Frequente um local que se preocupa em ensinar as pessoas, na teoria e na prática, formas de prevenir e aproveitar da melhor forma, o "Oxigênio" necessário para uma vida abundante. Caso esteja precisando, busque tratamento para sanar as dificuldades em sentir oxigênio/Deus em sua vida e família. Assim como no hospital, a igreja é um espaço preparado para receber e tratar pessoas que estão dispostas a experimentar o ar de forma plena. E, se o caso de dificuldade respiratória for muito grave, na Casa de Deus (hospital) existe "tubos de oxigênios" para auxiliar diretamente na sobrevivência durante a crise e o necessário tratamento.

Assim como você deve se preocupar com sua saúde e da sua família, atente para esta realidade: todos em sua casa estão "respirando bem"? Será que alguns precisam reaprender, por meio de exercícios respiratórios, o melhor jeito de aproveitar o ar, inclusive acabando com possíveis contaminações? Vamos respirar???

"Todo ser que respira louve ao SENHOR. Aleluia! Sl. 150:6

Edinei Beteli Reolon é pastor titular da Igreja Metodista Central em Goiânia (GO), superintendente Distrital de Goiás. Bacharel em Teologia (UMESP) e Administração de Empresas (PUCC). Pós-Graduado em "Especialização em Aconselhamento Pastoral" (UMESP).  

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições