O caminho da grandeza

O caminho da grandeza

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:25

A competição é uma das marcas registradas da nossa sociedade. Aprendemos desde cedo a competir. Queremos os melhores lugares, as maiores posições, os melhores salários, o melhor carro, a melhor casa... Para chegar ao poder muitos jogam sujo, trapaceiam, armam esquemas, burlam regras, compram votos, e etc.

Esse ''desejo de ser grande'' não é privilégio do nosso tempo. Tiago e João, discípulos de Jesus, também se sentiram tentados a andar no caminho ilusório do poder. Leia você mesmo: Mestre, queremos que nos concedas o que te vamos pedir (...) Concede-nos que na tua glória nos assentemos, um à tua direita, e o outro à tua esquerda (Mc 10:35 e 37).

Observe a palavra ''glória''. Para Jesus essa palavra tem um significado. Já para Tiago e João, outro totalmente diferente. Por glória eles querem dizer a futura posição de chefe de estado! Sentar um a direita e o outro a esquerda para Tiago e João significa assumir posições de grandeza quando Jesus tiver uma corte. Seus corações aspiravam a ''grandeza'', as pompas das cortes, a mordomia da vida nos palácios.

Jesus diz: Não sabeis o que pedis... A ''glória'' que esperava Jesus, como ele mesmo explica no versículo 38, nada tinha a ver com palácio e riquezas. Cálice e batismo neste texto são referências claras a sua morte. A ''glória'' que aguardava Jesus era a cruz.

No versículo 41, diz a Bíblia que os outros dez quando ouviram isto começaram a indignar-se contra Tiago e João. E não se engane! Eles não se indignaram porque tinham uma visão correta a respeito do que aguardava Jesus. Os outros dez também almejavam aquelas posições de destaque.

Jesus chama-os a si e mostra para os seus amados discípulos qual verdadeiro caminho da grandeza. Jesus ensina que diante dos homens existem os maiorais, os grandes que exercem autoridade (Mc 10:42), mas que entre eles não seria assim. Ele disse: Qualquer que entre vós quiser ser grande, será o que vos sirva (Mc 10:43). A resposta de Jesus é radical.

Atente para a palavra ''grande'' que aparece neste texto. Ela é a tradução da palavra grega ''megas'' de onde se originou a nossa palavra em português “mega”. Jesus está ensinando que mega não é o que ocupa o cargo mais alto, mas o que tem prazerem servir. O ''mega discípulo'', o ''mega apóstolo'', o ''mega pastor'', o ''mega pregador'', o ''mega cantor'' na visão de Jesus não é quem gosta de ser visto, mas quem tem prazer e alegria em servir!

A grandeza aos olhos de Jesus segue o curso oposto a que é seguida no mundo. O caminho da grandeza na visão de Jesus é ofertar-se a si mesmo no serviço aos outros para a glória de Deus. Por isso se você quer ser grande aos olhos de Jesus seja um servo humilde e dedicado. Não espere e não busque aplausos humanos.

Que Jesus encontre ''mega jovens'' em sua igreja!

Eleilton William de Souza Freitas é missionário, casado, e graduando em teologia. É líder do Ministério Jovem da Igreja Adventista da Promessa, no bairro de Vila Maria, em São Paulo.

Contato: www.fumap.com.br

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições