O que devemos fazer para viver um ano de 2008 abençoado?

O que devemos fazer para viver um ano de 2008 abençoado?

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:32

*Você, irmão no Senhor e amado leitor, está convocado pelos céus para viver uma Ano Novo repleto de bênçãos. O que deve fazer para isso acontecer?

Vida Santificada. Examine o seu coração. Tire o pecado. Abandone o mundo com seus encantos. O apóstolo Paulo, em II Timóteo 2:4, diz que "o que milita não se embarace". Israel no tempo de Josué, perdeu uma batalha por causa do pecado de Aça. Remova todo o entulho de sua vida. Lave o seu coração no sangue de Jesus, santifique sua vida. Procure unir o seu lar, servindo ao Senhor. Coopere com sua igreja, com fidelidade e amor. Ore por seus pastores e por toda a igreja. Ore sempre. Faça uma lista de oração que deve estar na sua Bíblia. Evite conversas vãs. Você é um soldado de Cristo. Não desanime, não abandone as armas, avance, olhe para Jesus, segure na Sua mão, lute e vença. Em Cristo, somos mais que vencedores. Nosso General nunca perdeu uma batalha. Aperceba-se de que nossa batalha é espiritual, trava-se nas regiões celestiais. O inimigo é real, mas é invisível. Devemos atacá-lo onde ele estiver. Nossas armas não são carnais, são espirituais (II Coríntios 6:7). Alinhemos algumas: a) A primeira é o Jejum

b) A segunda é a oração

c) A terceira arma é a Palavra de Deus, a Espada do Espírito. Jesus venceu o terrível inimigo com a Palavra.

Neste próximo ano de 2008, assuma o compromisso de orar, sem cessar até que os céus derramem sobre nós e o nosso Brasil, torrentes do poder do Espírito Santo, como diz a Bíblia em  II Crônicas 7:14 "se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar,  e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra".

Enéas Tognini nasceu em 20 de abril de 1914 em Avaré - SP. Formou-se em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, no Rio de Janeiro. Pastoreou a Igreja Batista do Barro Preto, em Belo Horizonte, e a Igreja Batista de Perdizes, em São Paulo. Viajou por mais de 20 anos pelo Brasil, tornando-se um dos pioneiros da propagação de Renovação Espiritual em nossa pátria. Fundou em 1981 a Igreja Batista do Povo, em São Paulo. Autor de mais de 40 livros, foi condecorado confrade da Academia Evangélica de Letras. Recebeu também o título de Cidadão Paulistano. Atualmente o Pr. Enéas Tognini e Pastor Emérito da Igreja Batista do Povo e Presidente da Sociedade Bíblica do Brasil. É casado com Élia Tognini, e pai de Dinéa, Edna e Noemi. Tem três netos e um bisneto.  

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições