Quero aprender a viver de pouco

Quero aprender a viver de pouco

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:29

"Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele.

Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes"

1 Timóteo 6:7-8

A segunda frase desse versículo me chamou muito atenção. Confesso que não o conhecia, assim como confesso que ainda não consegui ler a bíblia inteira (sou sincera pelo menos). O que precisamos para viver?

Uma vez um amigo contou uma história que dizia que um homem se dizia pobre reclamava a todos dizendo "eu não tenho nada, não tenho nada...". Um belo dia o bairro em que ele morava alagou e ele apareceu no trabalho lamentando "perdi tudo, eu perdi tudo".

Como ele pode perder tudo se não tem nada?!

Deus nos dá comida, casa, amigos, um trabalho, um amor...

Do que mais precisamos? Realmente precisamos de um carro luxuoso para viver? Morreremos se não morarmos no melhor bairro da cidade? Nossa vida não terá mais sentido se não comprarmos o melhor all star da loja ou se não viajarmos para a europa?

Infelizmente vivemos num mundo de pessoas visuais. A aparência e status é bem mais valorizada que o caráter, a essência. O Ter tomou o lugar do Ser.

Se uma jovem  ou um jovem quer namorar vai buscar uma pessoa que seja bonita, vista-se bem, tenha um bom papo, sorria sempre (mesmo que isso seja só estampa), tenha um bom carro, um bom emprego (seguido de um bom salário), uma boa faculdade, e que seja o destaque no seu meio que tenha "status" ( o "bam, bam, bam da turma, ou o líder da igreja, etc). Aparentemente essa é uma pessoa perfeita. Mas, e por dentro? Será que ela é tão bela como por fora?

Triste ver que as pessoas perderam noção de valores básicos.  Creio que os meios de comunicação influenciaram nisso, mas aí já é um papo para outro momento...

Confesso que admiro as pessoas que são felizes com o pouco, e  agradecem a Deus pelo que tem sem exigir nada. Pessoas que não precisam de um carro para andar porque sabem que caminhar fortifica e revitaliza o corpo e também, andando a pé, reparamos mais nas coisas a nossa volta (nas pessoas, nas mudanças da paisagem, nos detalhes); que mesmo em meio a dívidas é capaz de confiar e louvar a Deus com o seu melhor. E tudo isso porque eles sabem que o Pai Celestial nunca os desamparará.

Não digo que devemos jogar tudo para o alto, que não devemos ter uma ambição - desde que seja positiva... Mas que devemos aprender a valorizar o que é simples, singelo e sincero.

Porque Deus está nestas coisas. E Ele opera nestas coisas.

Shalom!

Fabricia Silva

Fabricia Silv a é bacharel em publicidade e propaganda, arte-educadora e atriz cristã.

Contatos

Msn: [email protected]

Blog "Colored People": www.my.opera.com/bricasilva/blog

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições