Enfrentando nossos Medos

Enfrentando nossos Medos

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:25

Você sente medo de algo?

O que faz seu coração ficar apertado e gera um desconforto na sua alma? Todo mundo um dia já enfrentou esse sentimento e passou por situações de medo.

Medo da morte, medo de se acidentar, medo de ser rejeitado e de ficar só, medo do futuro etc. Independente do tipo de medo, todos nós estamos no mesmo time, sentimos medo de alguma coisa. O medo é considerado um mecanismo de defesa criado por nosso eterno Deus, afim de que o homem se desvie de certos perigos da vida e viva com prudência.

Enfrentar o medo é necessário, contudo ao enfrentá-lo devemos estar muito atentos. Me lembro do dia em que enfrentei o medo me encontrei em apuros entre as pedras de La Herradura (Lima-Perú), num mar de oito a nove pés. A onda correu muito e fiquei preso na espuma sendo carregado para o paredão. Naquele momento os pensamentos passavam em alta velocidade, mas me lembro de quando orei e pedi que o Senhor me livrasse da morte. Após tomar a série que quebrava em minha frente me situei, tirei a cordinha e remei com tudo para o canal antes que nova série quebrasse e assim eu fosse esmagado contra as rochas. Ufa! Obrigado Senhor! Se Deus não tivesse me livrado de ter batido nas pedras eu não estaria aqui lhes contando essa história. Hoje sei que tive medo de morrer ou me machucar comprometendo assim meu futuro como atleta.

Quando olho para os homens da Bíblia vejo que eles também tiveram medo. Alguns deles enfrentaram seus medos e saíram vitoriosos. Outros afundaram pela falta de coragem e de fé naquele que nos chama para enfrentar nossos medos.

O primeiro homem a mostra medo foi Adão, que após pecar se escondeu com medo de Deus (Gênesis 3.1-10). Ele ouviu Deus lhe chamar teve medo e abriu mão da amizade e do relacionamento íntimo que tinha com o Senhor. Teve medo de pedir perdão e até hoje o homem foge de Deus, se entretendo com as religiões criadas pelo próprio homem para desencargo de consciência.

Pedro encarou seus medos e certa vez saiu do barco para ter um encontro com Jesus andando sobre as águas. Pena que no meio do caminho ele perdeu o foco, duvidou e começou a afundar. Se não fosse Jesus do seu lado ele teria morrido naquela ocasião (Mateus 14.22-33).

Já Davi é um grande exemplo de coragem e fé. Ainda garoto ele foi considerado um maluco, ou um ''sem noção'' pelos amedrontados integrantes do exercito de Israel. ''Quem é aquele rapaz?'' perguntou o Rei.  Pois enfrentar um guerreiro armado com quase três metros de altura com sede de sangue não parecia coragem e sim suicídio. Mas ele foi ''em nome do Senhor'' e venceu usando sua funda (baladeira), se tornando um herói. (1Samuel 17.41-54)

Galera, o segredo da vitória contra o medo não está em nós mesmo, na nossa capacidade e talentos, mas está onde nós depositamos nossa confiança. Devemos enfrentar nossos medos contando com a ajuda daquele que pode nos dá a vitória. Ter todas as armas corretas não é o bastante, pois está escrito: ''Se o Senhor Deus não edificar a casa, não adianta nada trabalhar para construí-la. Se o Senhor não proteger a cidade, não adianta os guardas ficarem vigiando''. (Salmo 127.1)  

Sendo assim, quero finalizar convidando a todos para enfrentar os medos confiando naquele a quem pertence a vitória: O Senhor Deus de Israel e pai do nosso Senhor Jesus Cristo!

A Ele toda honra, glória e louvor! Amém!

Marquito Santos é formado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, membro da Missão Surfistas de Cristo no Brasil, da Missão Internacional de Surfistas de Cristo, pastor e professor dos jovens da Igreja Presbiteriana de Fortaleza, além de escrever para o site Em Foco Surf.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições