Arroz selvagem dá um toque especial na elaboração de pratos exóticos

Arroz selvagem dá um toque especial na elaboração de pratos exóticos

Atualizado: Quarta-feira, 11 Março de 2009 as 12

Singular e repleto de sofisticação, o Arroz Selvagem encanta pela aparência, sabor e aroma diferenciados. Conhecido como o caviar dos grãos, o arroz negro selvagem é essencial na elaboração de pratos requintados, como faisão, ganso e carnes defumadas, peixes e fica maravilhoso na salada, tornando-a simplesmente especial.

A introdução do arroz selvagem na culinária internacional é bastante recente, embora fosse conhecida há mais de 500 anos pelos índios Ojibwa e Sioux, habitantes do norte dos Estados Unidos. Sem ser exatamente arroz (é da família das gramídeas), o Selvagem também pode ser servido como um cereal, combinado a frutas e mel.

"Na culinária norte-americana e canadense, ele é utilizado como cereal matinal, em sopas, saladas, pães e doces. Nas últimas décadas tem feito parte da Cozinha Internacional como alternativa para acompanhamentos sofisticados misturado ao arroz branco, acrescido de frutas secas, oleaginosas, reforçando seu sabor delicado e sua textura crocante", afirmou Carlos Marlon Cearense, representante comercial da Josapar. "A cozinha natural valoriza este ingrediente como alternativa aos pratos tradicionais de carne. É curioso notar o contraste que se estabeleceu na forma de uso desse produto: ele se firma como ingrediente sofisticado apesar da sua origem natural e selvagem", comentou.

Suas qualidades nutricionais também chamam a atenção. É pobre em gorduras e rico em proteínas, lisina (um aminoácido) e fibras. É também uma boa fonte de potássio, fósforo e vitaminas (tiamina, riboflavina e niacina), de acordo com o HealthNotes.

Preparo Básico de Arroz Selvagem:

Ingredientes:

1 xícara (chá) de Arroz Selvagem (150g) 4 xícaras (chá) de água fria 2 colheres (chá) de sal 1 colher (sopa) de manteiga cheiro-verde picado a gosto Modo de preparo:

Lave bem o arroz, trocando a água várias vezes até que ela fique transparente. Coloque o arroz numa panela média, acrescente a água, o sal e leve ao fogo forte até abrir fervura. Abaixe a chama e cozinhe com a panela semitampada por 35 a 40 minutos. Escorra o excesso de água, acrescente a manteiga, o cheiro-verde e sirva em seguida, acompanhando carnes e assados em geral. Depois de cozido, os grãos devem se abrir parcialmente, criando um contraste entre a parte externa, escura, e o interior branco. Rendimento: 2 a 3 porções.

veja também