As folhas mais encontradas na mesa dos brasileiros

As folhas mais encontradas na mesa dos brasileiros

Atualizado: Quinta-feira, 11 Novembro de 2010 as 12

De diversas texturas e sabores, as folhas já eram utilizadas na Antiguidade, só que mais para fins medicinais. Incluídas na alimentação, elas logo se tornaram a melhor opção para uma refeição leve e refrescante, especialmente em um país quente como o nosso. "Podem ser consumidas cruas, cozidas ou como recheio de tortas", afirma Tatiana Cardoso, chef do restaurante vegetariano Moinho de Pedra, em São Paulo. Segundo ela, as de sabor amargo – escarola, mostarda, rúcula – e picante, como o agrião, conferem contraste e gosto marcante aos pratos. "Na hora de cozinhá-las, é preciso atenção", recomenda Bettina Orrico, chef e consultora de CLAUDIA COMIDA&BEBIDA. "Para evitar que fiquem moles demais, é bom que permaneçam no fogo por, no máximo, quatro minutos", explica ela. Verduras bem cuidadas A chef Tatiana lembra que a maneira correta de conservar as folhas é essencial para assegurar a qualidade. "Em feiras e supermercados, as verduras devem estar expostas em locais frescos e, claro, longe de produtos químicos. Se estiverem amareladas, murchas, pintadas ou sem os talos, já passaram do ponto para o consumo." Em casa, o ideal é lavá-las bem em água corrente, deixar de molho por alguns minutos em uma vasilha com bastante água com cloro e secá-las com um pano de prato ou numa centrífuga própria para verduras. "Depois, basta guardá-las dentro de um recipiente, sobre papel absorvente, na geladeira – de preferência nas gavetas da parte inferior", afirma Tatiana.

Desperdício zero

Todas as folhas são ricas em nu - trientes importantíssimos para o nosso organismo, como vitamina C, ferro, cálcio e fibras. Elas ajudam, principalmente, a regular o funcionamento do intestino, facilitando a liberação das toxinas. Mas não só nas folhas estão os benefícios. "Os talos de alguns vegetais, como agrião, couve, beterraba, rabanete, brócolis, salsinha e couve-flor, têm a mesma quantidade de nutrientes, ou até mais, do que as folhas que estamos acostumadas a consumir", observa Larissa Tanus, nutricionista do programa Alimente-se Bem, do Serviço Social da Indústria (Sesi) do estado de São Paulo. "Incluí-los no preparo em vez de jogar fora pode deixar as receitas ainda mais saudáveis e saborosas", recomenda a nutricionista. "Eles ficam ótimos em recheios de tortas, pastéis e empadões, em farofas, panquecas, omeletes, massas de bolo e de pão, sucos e doces. Se forem bem picados, podem dar sabor extra ao arroz e feijão de todo dia", diz ela.

Sopa de capellini com músculo, acelga, escarola e couve

PREPARO: 15 MINUTOS

PRONTO EM: 1 HORA E 20 MINUTOS

697 CALORIAS EM CADA PORÇÃO

Ingredientes

1 kg de músculo, cortado em pedaços 2 litros de água 1 cebola grande cortada em pedaços 2 dentes de alho picados 2 galhos de tomilho picados 2 cenouras pequenas, cortadas em pedaços 200 g de massa longa do tipo capellini 1/2 xícara de feijão-branco cozido e escorrido 5 folhas de couve rasgadas 1/2 pé de escarola ou chicória rasgada 2 folhas de acelga cortadas em pedaços de 3 cm 2 colheres (sopa) de suco de limão Sal a gosto 2 colheres (sopa) de azeite Modo de preparo

Em uma panela grande, leve ao fogo alto a carne, a água, a cebola, o alho e o tomilho até ferver. Abaixe o fogo e cozinhe, com a panela semitampada, retirando a espuma que se formar, por mais 40 minutos ou até o músculo ficar macio. Junte a cenoura e a massa e cozinhe por mais dez minutos. Acrescente o feijão e as folhas e deixe ferver rapidamente. Tempere com o suco de limão e sal, se necessário. Sirva a sopa regada com o azeite.

Rende 6 porções.

Carne de panela com catalônia e repolho assado

PREPARO: 30 MINUTOS

PRONTO EM: 2 HORAS E 15 MINUTOS

385 CALORIAS EM CADA PORÇÃO

Ingredientes

1 kg de coxão duro Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã 1 folha de louro 8 colheres (sopa) de azeite 2 cebolas cortadas em gomos grossos 1 litro de água 1 repolho-branco pequeno, cortado em fatias de 2 cm 2 colheres (chá) de semente de alcaravia ou erva-doce 2 dentes de alho picados 1/2 maço de catalônia em pedaços Modo de preparo

Tempere a carne com sal, pimenta, o vinagre e o louro. Na panela de pressão, aqueça 4 colheres (sopa) do azeite. Junte a carne e frite por dez minutos ou até dourar. Acrescente a cebola e refogue por cinco minutos. Adicione a água e cozinhe em fogo baixo, com a panela tampada, por uma hora e 20 minutos (marcados a partir do momento em que a panela começar a chiar). Em uma assadeira untada com azeite, disponha o repolho, pincelado com 2 colheres (sopa) de azeite. Tempere com sal, pimenta e a alcaravia. Leve ao forno quente (200 ºC), preaquecido, por 20 mi nutos ou até o repolho começar a dourar nas pontas. Retire a carne da panela, espere amornar e desfie. Reserve. Em outra panela, refogue o alho no azeite restante até murchar. Junte a catalônia e refogue por dois minutos. Sirva o refogado com a carne e o repolho.

Rende 6 porções.

Salada de folhas variadas com molho de manga

PREPARO: 15 MINUTOS

PRONTO EM: 15 MINUTOS

105 CALORIAS EM CADA PORÇÃO

Ingredientes

1 pé de alface frisée 1 pé de alface-crespa 2 pés de alface minirromana 1 pé de alface-roxa 1 manga não muito madura batida no liquidificador 1/2 colher (sopa) de mostarda 2 colheres (sopa) de iogurte 2 colheres (sopa) de mel (de preferência de flor de laranjeira) Suco de 2 limões-rosa Sal a gosto Modo de preparo

Lave bem as folhas em água corrente e reserve. Em uma panela, misture a polpa de manga com os ingredientes restantes e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até aquecer. Sirva a salada regada com o molho.

Rende 4 porções.

veja também