Café pode ajudar a prevenir o diabetes

Café pode ajudar a prevenir o diabetes

Atualizado: Sexta-feira, 27 Março de 2009 as 12

Uma das pesquisas que associava o consumo contínuo do café à diminuição do risco de diabetes tipo 2 foi publicada no conceituado Jornal da Associação Médica dos Estados Unidos. Uma das explicações é a presença de antioxidantes na bebida, que previnem danos às celulas que possibilitam o desenvolvimento da doença, e de um tipo de ácido que diminuiu quantidades de glicose em pesquisas com animais.

O mesmo efeito foi encontrado em doses de café que não contém cafeína. Pesquisa que saiu no Jornal Americano de Nutrição Clínica atestou que uma dose de café pode ter mais antioxidantes que muitas frutas conhecidas por concentrá-los.

Outras pesquisas evidenciaram que, além da diabetes, o consumo de café reduz o risco de doenças cardíacas e de cirrose. Pesquisadores noruegueses usaram dados de um instituto americano que monitorou 27 mil mulheres com idades entre 55 e 69 anos por 15 anos, para descobrir que as que bebiam de uma a três xícaras de café por dia reduziam os riscos de doenças cardiovasculares em 24% em comparação com as que não bebiam.

Outros benefícios seriam propriedades anti-inflamatórias, que reduzem efeitos da cirrose provocada pelo excesso de álcool e câncer de fígado. A tendência também foi confirmada em estudo.

Apesar dos benefícios, especialistas advertem que a cafeína pode trazer problemas, como o aumento de pressão e outros problemas cardíacos. O cientista Rob van Dam, da Universidade de Harvard, disse ao jornal The New York Times que não recomenda o aumento do consumo de café para diminuir o risco de doenças, mas a evidência para pessoas saudáveis é de que o café não prejudica a saúde.

veja também