Calmantes na ponta do garfo

Calmantes na ponta do garfo

Atualizado: Terça-feira, 4 Janeiro de 2011 as 12:36

Uma saladinha de alface é aliada contra o nervosismo: “A hortaliça tranquiliza”, confirma a farmacêutica Denise Polato.

O maracujá tem o mesmo efeito, principalmente nas folhas. Mas o fruto não deve ser desprezado, pois contém frutose, um carboidrato.

Uma barrinha de chocolate de 30 gramas por dia ajuda a recuperar a disposição, sugere a nutricionista Cristiane Ruiz, pois tem xantinas, que estimulam o sistema nervoso central.

A cafeína, a teobromina e a teofilina são da família. Em excesso, porém, pioram a ansiedade e provocam insônia. A parcimônia vale para o café. Recomenda-se ingerir até sete xícaras diárias do coado. Para o expresso, o máximo são três. E nada de lotar de açúcar. Apesar de ser carboidrato e portanto da turma bem-humorada, sua absorção é veloz. Provoca euforia instantânea e desaparece rapidamente, deixando um rastro de melancolia.

Não se iluda também com os primeiros goles de álcool, que servem para relaxar. Depois de vários, o resultado pode ser baixo-astral.

veja também