Cozinha consciente

Cozinha consciente

Atualizado: Quinta-feira, 16 Dezembro de 2010 as 4:34

Não é difícil fazer parte da legião de pessoas que se preocupam com o futuro do planeta. Basta um pouco de boa vontade e criatividade. "É essencial o cuidado na escolha das partes a serem aproveitadas. Devem estar em bom estado de conservação, cascas íntegras, sem sinais de fungos. Talos firmes e com cor característica", alerta a nutricionista Carla Alves. Agora, separe os alimentos que irá utilizar e mãos à obra!

Veja algumas opções:

- Os talos de couve, agrião, beterraba, brócolis e salsa, entre outros, contêm fibras e devem ser aproveitados em refogados, no feijão e na sopa.

- Não jogue fora os talos do agrião, pois eles contêm muitas vitaminas. Limpe, pique e refogue com tempero e ovos batidos.

- As folhas da cenoura são ricas em vitamina A e devem ser aproveitadas para fazer bolinhos, sopas ou picadinhos em saladas. O mesmo pode se dizer das folhas duras da salsa.

- A água do cozimento das batatas acaba concentrando todas as vitaminas. Aproveite-a, juntando leite em pó e manteiga para fazer purê.

- A casca da laranja fresca pode ser usada em pratos doces à base de leite, como arroz doce e cremes.

- A parte branca da melancia pode ser usada para fazer doce, que se prepara como o doce de mamão verde.

- Com as cascas das frutas, pode-se preparar sucos batendo-as no liquidificador. Este suco pode ser aproveitado para substituir ingredientes líquidos no preparo de bolos.

- Sobras de bolacha não devem ir para o lixo. Despedace e guarde em vidros fechados. Utilize para preparar pavês, coberturas de bolos, tortas e outras receitas.

- Quando for usar uma metade de abacate, deixe a outra com o caroço - isso evita que ela se deteriore com rapidez;

- A abóbora é altamente nutritiva, e devemos nos lembrar de aproveitá-la inteira: cascas, folhas, polpa e o cabo. Seus caroços, quando torrados com sal, servem como aperitivo. Use o mesmo procedimento para a soja e sementes do melão;

- Não adicione bicarbonato de sódio ou outras substâncias químicas na água do cozimento para acentuar sua cor. Alguns nutrientes são destruídos por elas;

- Com arroz que sobrou do jantar podemos fazer: bolinhos e risotos;

- Frutas bem maduras podem virar doces, sucos, bolos e vitaminas;

- O pão amanhecido fica ótimo em rabanada, pudim, torradas e farinha de rosca;

- Com a carne assada que sobrou do almoço é possível fazer croquetes, tortas e recheios.

Confira a maneira correta de lavar os alimentos

Segundo a nutricionista Danielli Botture, da RGNutri é importante começar higienizando o alimento cru. "O manipulador deve sempre lavar as mãos com água e sabão, quando estiver em contato com qualquer tipo de preparação alimentícia". Vamos ao passo-a-passo?

1. Retirar as partes estragadas;

2. Lavar folha a folha uma a uma em água corrente;

3. Higienizar em solução com hipoclorito de sódio por 15 minutos ou de acordo com a instrução do rótulo. O hipoclorito pode ser encontrado em mercados ou adquirido gratuitamente nos postos de saúde.

4. Enxaguar em água filtrada, pois a água corrente sem filtrar possui sujeira e microorganismos;

5. Colocar em utensílio limpo e coberto.

Para terminar, cozinhe as verduras em vapor, assim elas não perderão seu valor nutritivo. Simples, não?

veja também