Estrogonofe: Popular, sem perder a classe

Estrogonofe: Popular, sem perder a classe

Atualizado: Sexta-feira, 9 Abril de 2010 as 12

Seja com carne, frango, camarão, linguiça ou outros inúmeros ingredientes, o estrogonofe, prato originário da culinária russa, surgiu na mesa dos mais abastados no século XIX, rodou o mundo até adquirir conotação popular. No início, era composto de cubos de carne bovina servidos em um molho de creme de leite. Com o passar dos anos, entrou no cardápio dos países europeus, anglo saxão e principalmente no Brasil, sempre adquirindo consideráveis variações da receita original.

Origem

Embora existam várias explicações para o prato, ele teria surgido das mãos de Elena Molokhovets, conhecida chef de cozinha russa, em seu livro Um presente para jovens donas de casa, consistindo em cubos empanados de carne em um molho de mostarda, caldo de legumes, pequena porção de creme azedo (sour cream). Em 1912, ganhou cebolas, extrato de tomate e começou a ser servido com batatas-palito, o que na época era um tradicional modo de apresentar os pratos russos.

Com a queda do Império Russo e antes do início da II Guerra Mundial, a receita se popularizou em hotéis e restaurantes chineses, assim como servidores estadunidenses que trabalhavam nesse país pré-comunista. Isso foi responsável pela suas mutações até se tornar popular mundialmente a partir dos anos 50.

Prato Globalizado

Foi no famoso restaurante Frances Maxim's que o estrogonofe recebeu champignons, mas nunca chegou a ter grande prestígio junto à alta gastronomia. Já as versões australianas e estadunidenses ganharam cores com tiras de bife, bacon, cogumelos, cebolas, molho sour cream, acompanhadas por arroz ou macarrão. Na Suécia, a principal variante foi a tradicional linguiça falukorv, substituindo a carne. No resto do mundo, a comida incluiu ainda vinho, milho e catchup ao invés de extrato de tomate.

Prato que ganhou ares de requintado nos anos 70, ao longo das décadas foi perdendo o glamour, enquanto adquiria variações. Com uso principalmente da carne, frango e camarões, o prato brasileiro tem como característica principal o uso de molho de tomate misturado com o creme de leite. Para acompanhar, deixa de lado as batatas cozidas russas, para ter como guarnição o arroz (branco ou à grega) e a batata palha.

Confira os principais restaurantes brasileiros onde o estrogonofe pode ser degustado:

Strogonoff & Cia (PR)

Em Curitiba, o restaurante Strogonoff & Cia é especializado no mais variados tipos do prato. No cardápio, os tradicionais de mignon, camarão, frango, somam-se as opções vegetariano e lombo. Todos acompanham arroz branco e batata palha. Para completar, o estabelecimento oferece entre as opções de sobremesa o estrogonofe de nozes.

Preço: de R$ 24,00 a R$ 40,00

Endereço: Rua Tabajaras, 531, Vila Izabel - Curitiba

Telefone: (41) 3343-4106

Restaurante Banana Verde (SP)

Com sede em Vila Madalena, São Paulo, com árvores frutíferas, madeira, tijolos aparentes e um grande vitral, a cozinha natural-contemporânea do empório e restaurante Banana Verde não apenas exclui carne do seu cardápio, mas dá um toque gourmet em seus menus diários - com entrada, prato principal e sobremesa. No caso do estrogonofe, servido uma vez por mês, substitui a carne por cogumelos. Chega acompanhado de brócolis ao alho e azeite, batatas rústicas com arroz cateto vermelho e amendoim.

Preço: R$ 24,00, acompanha um buffet de saladas, sopas e sobremesa; R$ 20,00, o prato a parte

Endereço: Rua Harmonia, 278, Vila Madalena - São Paulo

Telefone: (11) 3814-4828

República Jambeiro (MG)

Em uma espaço na estrada de Nova Lima, o restaurante República Jambeiro se destaca por  um atendimento atencioso, que inclui explicações detalhadas sobre os pratos que invariavelmente levam cogumelos - todos feitos com receitas do gourmet e artista plástico Leonardo Espínola. Para o estrogonofe, cinco cogumelos são utilizados (shitake, shimeji, hidratake, champignon de Paris e portobelo), com todos os ingredientes misturados, inclusive a batata.

Preço: R$ 27,00

Endereço: Olavo Carsalede Vilela, 77, Ipê da Serra - Nova Lima

Telefone: (31) 3581-7732

Vivenda do Camarão (Brasil)

Primeira e maior rede de frutos do mar do país, ela surgiu no bairro paulistano de Moema, em 1984 e hoje atua em mais de 100 lojas das principais cidades brasileiras, de norte a sul do país. Entre as inúmeras opções do cardápio, o carro chefe da casa é o tradicional estrogonofe de camarão, servido com vários tipos de acompanhamentos e que pode ser encontrado nas versões convencional e VIP (com os camarões maiores e selecionados).  

Preço: R$ 15,50 (convencional) e R$ 20,90 (VIP)

Confira os endereços no site

Strog&Noff (Campinas)

Inaugurado em maio de 1987, o restaurante familiar Strog&Noff foi o primeiro a introduzir o sistema por quilo na cidade. No jantar, o happy hour está de volta, com um ambiente arrojado e aconchegante, sempre acompanhados de música ao vivo às quintas-feiras. No menu, os estrogonofes de carne, frango estão disponíveis diariamente para o bufê. Já as opções de salmão, camarão e legumes aparecem algumas vezes por semana.

Preço: de R$ 16,00 a R$ R$ 19,00 (à la carte); R$ 24,00 (buffet à vontade)

Endereço: Rua Santos Dumont, 494, Cambuí - Campinas

Telefone: (19) 3294-6133

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também