Leite de búfala se transforma em queijo de coalho no Brasil

Leite de búfala se transforma em queijo de coalho no Brasil

Atualizado: Quinta-feira, 22 Janeiro de 2009 as 12

O leite de bubalinos é empregado tradicionalmente na confecção da mozzarella de búfala e graças à produção com alto padrão de qualidade na Itália – seu país de origem – esse queijo suave conquistou o paladar do mundo inteiro. No Brasil, os laticínios que fabricam a famosa mozzarella seguindo o rigor dos laticínios italianos criaram o Selo de Pureza 100% Búfalo para proteger seus queijos dos oportunistas do mercado que adicionam leite de vaca durante a produção e assim garantir ao consumidor a qualidade da verdadeira mozzarella, feita exclusivamente com leite de búfalas.

A novidade agora, é que alguns produtores comprovam que é possível fazer queijo coalho usando apenas leite de bubalinos e o resultado é um queijo com alto teor de proteína e cálcio, de textura um pouco mais firme e sabor suave. Além disso, as versões com orégano, com pimenta calabresa e com tomate seco também já estão sendo feitas. Este queijo artesanal possui características diferentes do queijo de coalho produzido com leite bovino, pois é mais branco e apresenta altos níveis de vitamina A, mais proteína, menos colesterol, consistência firme e é mais encorpado, além de ter sabor e aroma agradáveis e suaves.

Muito apreciado no Nordeste do país, o produto já caiu no gosto de muitos brasileiros e pode ser consumido assado, in natura, como acompanhamento em saladas, como petisco e na preparação de receitas. O queijo de coalho de búfala é rico em cálcio, mineral importante em todas as fases da vida em especial na infância e na terceira idade. A concentração de cálcio chega a ser 50% maior neste derivado de bubalinos que o encontrado no de bovinos. Além disso, por ser o búfalo um animal mais rústico e mais resistente às doenças que em geral atacam os bovinos, o leite com o qual a mozzarella e o queijo de coalho são produzidos, possui menos resíduos de remédios como antibióticos, já que o animal é menos exposto às substâncias químicas.

A ABCB orienta o consumidor que ao procurar pelos produtos em supermercados e padarias, optem por embalagens que destaquem o Selo de Pureza 100% Búfalo, pois isso garante que o queijo é feito apenas de leite de búfalas – sem adulterações ou misturas – mantendo as propriedades nutricionais. O selo também garante a ausência de substâncias branqueadoras, comuns nos procedimentos de imitação.  

veja também