Opções para quem não pode ingerir glúten

Opções para quem não pode ingerir glúten

Atualizado: Quarta-feira, 19 Maio de 2010 as 3:47

Poucas pessoas já ouviram falar do termo, mas a doença Celíaca atinge milhares de brasileiros que desenvolveram a intolerância ao glúten. A doença geralmente se manifesta na infância, entre o primeiro e terceiro ano de vida, podendo surgir em qualquer idade, inclusive na adulta.

No Brasil, estima-se que uma a cada 600 pessoas enfrente o problema. O glúten é a proteína presente no trigo, aveia, cevada, centeio e malte, ou seja, a maioria dos produtos industrializados.

Segundo a nutricionista Caroline Queirós, a doença não tem cura e o tratamento consiste em evitar, por toda a vida, alimentos que contenham glúten. Por isso, todo cuidado é pouco na hora das compras. “Os portadores da doença devem estar sempre atentos às embalagens, que nem sempre contêm a composição correta ou clara dos ingredientes”, comenta Caroline.

Uma alternativa para os celíacos, pessoas que enfrentam o distúrbio, podem consumir produtos à base de arroz, milho, polvilho, quinua, farinha de banana, soja e derivados, trigo sarraceno, tapioca e tubérculos, como a batata, a mandioca e o inhame. Arroz integral, leguminosas (feijões, ervilha, lentilha), frutas, verduras, legumes e hortaliças também são ideais para quem possui a doença.

Algumas empresas desenvolveram produtos especialmente para este público. É o caso da SLC Alimentos que oferece uma ampla gama de produtos sem glúten. Além da tradicional linha de arroz, feijão e lentilha Namorado, a empresa dispõe da Atelier Namorado, linha de arroz, com 16 opções diferenciadas.

Os produtos foram estudados e desenvolvidos para realçar os sabores dos ingredientes, proporcionando variedade de sabores e de propriedade nutritivas.

veja também