Preparo das refeições deve ser baseado na escolha dos alimentos mais nutritivos e menos calóricos

Preparo das refeições deve ser baseado na escolha dos alimentos mais nutritivos e menos calóricos

Atualizado: Quarta-feira, 13 Janeiro de 2010 as 12

A escolha dos produtos no preparo das refeições é difícil diante da vasta variedade de itens opcionais. Deve-se sempre levar em conta o valor nutritivo e calórico de cada alimento. Muitas vezes é recomendado comparar itens semelhantes para fazer a escolha mais adequeda.

Pode-se usar como exemplo a escolha entre as opções presunto e peito de peru. O presunto protege o coração e reduz o colesterol, desde que não seja excessivamente gorduroso nem demasiado salgado. Os seus ácidos gordos monoinsaturados e o ácido oleico previnem as doenças cardiovasculares. Além disso, possui cerca de 40% de proteínas, podendo substituir a carne nas refeições, dosagem necessária para uma boa formação da massa muscular. O presunto é composto ainda ferro fósforo, vitamina E - potente antioxidante - e alta dosagem de cobre, que é essencial para os ossos e cartilagens.

Entretanto, quando comparado no valor calórico ao peito de peru leva desvantagem.  Em 50g de cada, o equivalente a 3 fatias finas, o presunto possui 81 calorias enquanto o peito de peru apresenta apenas 46. Já na composição nutritiva o peito de peru é superior quando comparada a dosagem de zinco e proteínas, uma miligrama, contra 0,5 do primeiro componente, e 14 gramas de proteína presentes no peito de peru contra o gramas do presunto.

O presunto possui mais cálcio - doze miligramas contra dez, mais potássio - 166 miligramas contra 106, e bem mais sódio - 650 superior a 441 miligramas. Entretanto, o presunto é o item que apresenta o maior valor de colesterol nessa quantidade de 50g- 28 miligramas - desfavoráveis às dez miligramas do peito de peru.

por Dr. Maximo Asinelli (CRM-Pr 13037)  - Médico Nutrólogo

veja também