Processo de esterilização que preserva a qualidade natural de fungos e hortaliças

Processo de esterilização que preserva a qualidade natural de fungos e hortaliças

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 10:26

A busca pela conservação dos alimentos surgiu a partir da necessidade dos nossos antepassados em fazer com que os vegetais, frutas e hortaliças durassem mais tempo, podendo até ser levados em longas viagens marítimas. O pioneiro no assunto, o confeiteiro francês Nicolas Appert, descobriu no século XIX que ao colocar os alimentos em garrafas de vidro grossas com algum líquido, tampadas com uma rolha e fervidas em banho-maria a validade dos vegetais e hortaliças poderia ser prolongada, aumentando sua validade nas prateleiras.

Seu sucessor, Pasteur, descobriu que a alta temperatura provoca a morte dos microorganismos que aceleravam o processo de deterioração dos alimentos, desenvolvendo então o processo de pasteurização. “Muitas pesquisas e experimentos foram feitos neste sentido até chegar à industrialização como conhecemos hoje. Atualmente algumas empresas que atuam no setor alimentício buscam mais do que conservar os alimentos, elas buscam eliminar os produtos químicos do processo, como é o caso da DelSanto”, observa o empresário Alexander Bonetti, da San Marco Alimentos, que importa os alimentos da DelSanto com exclusividade para o Brasil.

Acompanhe o Portal G&N também no Twitter

Deixe seu comentário no Facebook do Portal G&N   Faça parte do nosso Grupo de Discussão

A DelSanto é uma empresa italiana de vanguarda, que atua no setor há mais de 30 anos e é especialista na elaboração e conservação de hortaliças e fungos frescos, produzidos com as tradicionais receitas da Região do Veneto.

Os alimentos passam por um processo de esterilização que eliminam a necessidade de aditivos químicos ou conservantes. Os laboratórios possuem certificação ISO 9001 e os produtos são autorizados pelo Ministério da Saúde da Itália. “Os produtos são importados para toda a Europa, Estados Unidos, Austrália e outros países. Aqui no Brasil a San Marco comercializa os alimentos DelSanto com exclusividade”, acrescenta.

Para quem gosta de cebola em conserva a Cebola Borettane é uma boa pedida. As cebolas são temperadas com azeite de oliva italiano, açúcar e caramelo. “Elas são pouco ácidas e seu sabor é tão suave que até as crianças gostam de comer. São ótimas como acompanhamentos de churrascos, aperitivos e refeições em geral. Como não possuem conservantes, as cebolas permanecem com suas características naturais”, ressalta.

San Marco Alimentos

www.sanmarcoalimentos.com.br  

veja também