Queijo de minas e a goiabada

Queijo de minas e a goiabada

Atualizado: Quarta-feira, 18 Fevereiro de 2009 as 12

Uma combinação muito apreciada em Minas Gerais é o queijo com goiabada. O queijo no Brasil começou a ser produzido por portugueses, assim que suas colônias se instalaram em terrenos mineiros; começou com uma tentativa de fazer um queijo tradicional português, mas no lugar de leite de ovelha usaram o leite de vaca, dando origem ao queijo minas frescal.

A goiabada, assim como muitos doces de fruta, foram criados para melhor aproveitamento dos frutos e aumentar a sua durabilidade. A combinação do queijo com o doce não se sabe como começou, mas o provável é que surgiu nos abastados cafés da tarde onde a mesa é extremamente farta dando oportunidade de combiná-los.

Veja como é feita a Goiabada Cascão:

A produção envolve tradição de anos. O doce tem que ser feito em tacho de cobre, para não adquirir nenhum sabor residual. 

1º Separe as melhores goiabas vermelhas e maduras

2º Retire a polpa das goiabas que é levada para uma panela com água ao fogo até ficar bem mole.

3º Deixe esfriar e passe esta polpa numa peneira, reserve alguns pedaços com casca para adicionar no final do cozimento (não deixe passar nenhuma semente, pois semente neste doce, significa para os mineiros descuido).

4º Leve ao tacho de cobre com açúcar mexendo sempre com uma colher de pau, sem parar.

5º Depois de uns minutos acrescente parte das goiabas separadas

6º Para saber se está pronto, teste sempre com a ponta de uma faca, pegando um pouco do doce e colocando no seu pulso, quando ele não grudar, estará pronto. 

Proporção deste doce é:

2 medidas de goiabas vermelhas para 1 medida de açúcar.

veja também