Steak Tartare: uma boa pedida para os dias quentes

Steak Tartare: uma boa pedida para os dias quentes

Atualizado: Quarta-feira, 30 Janeiro de 2008 as 12

Por Myrian Rosário

Preparado com carne crua de qualidade, cortada na ponta da faca, o Steak Tartare é uma boa opção para o verão, quando a grande pedida são as refeições leves, práticas e simples. Serve como entrada, prato principal ou canapé. Fácil de preparar, o Steak Tartare pode ser servido como entrada, prato principal ou canapé e é uma boa pedida para os dias quentes. "O Steak Tartare é um bom acompanhamento para a tradicional saladinha de verão. A salada por si só não sustenta por muitas

horas, mas com um Steak Tartare, é energia pura", comenta Istvan Wessel, empresário responsável pelo lançamento de inovações no mercado, como o carpaccio e a picanha maturada.

Diz a lenda que quem inventou o Steak Tartare foram os Tártaros, povo bárbaro que viveu por aproximadamente cinco séculos, três antes e dois depois de Cristo. Os Tártaros eram mongóis que durante muito tempo foram liderados por Átila, o Huno. Eram conhecidos pela força que não hesitavam em usar quando queriam conseguir incrementar seu estoque de bens materiais. Eles caçavam e colocavam a caça eviscerada sob a sela do cavalo sobre o qual cavalgavam durante todo o dia. À noite, para repor as energias gastas durante o dia, picavam essas carnes devidamente amaciadas pela cavalgadura, misturavam com os temperos disponíveis e adicionavam uma gema de ovo para aumentar o poder energético do apetitoso prato.

"Embora muitos restaurantes, por mera comodidade prefiram moer a carne, a verdadeira receita exige que seja picada na ponta da faca. Moída, parece muito com um hambúrguer cru. Picada, a carne mantém a textura original e fica mais bonita e saborosa", observa Wessel, que dá algumas dicas de como preparar o Steak Tartare comprado no supermercado.

1.  Corte os ingredientes mais pedaçudos, pois misturados à carne picada deixam tudo mais crocante.

2.  Como seu primo carpaccio, também servido cru, deve estar muito apetitoso e sempre com ótima aparência. Deve, para isso, ser preparado bem na hora de servir ou até, se possível, à mesa. Fica até mais divertido.

3.  Disponha em uma travessa os ingredientes em tigelas separadas, para que cada convidado possa preparar o seu. Os pratos individuais são levados à mesa já com a porção de carne no centro e, invés de garfo e faca, dois garfos, para mais facilmente misturar os componentes.

4.  A gema, presente em todas as receitas, pode ser simplesmente eliminada, se preferir, pois nós, ao contrário dos Hunos, necessitamos de menos energia e de bem menos colesterol.

Ingredientes:

250 g Steak Tartare  

2 gemas de ovo (opcional)

2 colheres de sopa de salsinha picada

2 colheres de sopa de alcaparras picadas

3 colheres de sopa de cebola picada, preferencialmente roxa

2 colheres de sopa de pepino azedo picado

2 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de mostarda

1 colher de chá de molho inglês

1 colher de chá de páprica doce

Sal e pimenta do reino branca moída na hora

Fácil de Fazer:

Misture a carne com os ingredientes, exceção feita às gemas. Espere descongelar (não leva nem 5 minutos) e separe em duas porções. Coloque cada parte em um prato e alise com uma colher formando um montinho. Afunde o centro com a colher, coloque a gema de ovo e sirva. Cada pessoa deve desmanchar sua gema, misturar e comer com pão de centeio ou outro pão integral levemente torrado.

Dica: No prato pronto moa um pouco mais de pimenta do reino, seu aroma enriquece ainda mais o Steak Tartare.

veja também