Surubim ou pintado: aprenda a fazer esse peixe recheado

Surubim ou pintado: aprenda a fazer esse peixe recheado

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 11:33

Na região Norte, ele é o surubim. Descendo em direção ao Sul do país, torna-se o pintado. Este peixe brasileiríssimo de água doce e carne suculenta - quase sem espinhos - está entre os mais requisitados pela culinária de Estados como Amazonas, Mato Grosso, Tocantins e Mato Grosso do Sul.

Mas não é preciso estar próximo a um dos rios onde esse peixe costuma ser encontrado para degustá-lo. Nos últimos anos, a oferta de surubins e também de espécies como o pacu, o tucunaré e o pirarucu - cuja carne tem sabor bastante semelhante à do bacalhau - tem crescido. Em grandes redes de supermercados, já há filés congelados desses e de outros pescados da bacia amazônica.

Trata-se de uma boa notícia, já que, assim como peixes de águas marítimas frias (como o salmão, o atum e a sardinha), muitas das variedades encontradas em águas doces brasileiras são ricas em gorduras do tipo ômega. Esses óleos são reconhecidamente aliados da saúde do coração e ajudam a combater o envelhecimento precoce.

Para Emmanuel Bassoleil, chef francês radicado no Brasil, a vantagem de preparar peixes é a versatilidade.

- Em comparação com as carnes vermelhas, os pescados se saem melhor por serem mais delicados. Com isso, é possível criar muito mais. Os peixes brasileiros, especialmente os do Norte, são mais firmes, por isso, precisam de um pouco tempo mais no fogo.

O francês dá ainda outra dica preciosa para que o prato fique mais saboroso: se o pescado estiver congelado, nada de resfriá-lo na água quente.

- Deixe a carne descongelando da noite para o dia, na geladeira. Se resfriá-la na marra, a textura não ficará boa após preparada.

Para não cair no batido pintado (ou surubim) assado na brasa, a sugestão é fazê-lo com recheio de espinafre.

Veja como fazer:

Ingredientes

4 filés de surubim 3 dentes de alho esmagados 1 maço de espinafre 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado 1 cebola ralada 1 copo de água 1 copo de vinho branco seco 1 copo de azeite Suco de dois limões Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Tempere os filés com sal, alho, pimenta e limão. Lave bem o espinafre em água corrente e cozinhe-o apenas com o líquido que sobrar na verdura. Desligue o fogo, escorra o espinafre e pique-o. Leve a verdura de volta à panela, acrescente a cebola ralada e parte do queijo ralado. Coloque uma porção dessa mistura sobre cada um dos filés. Enrole os peixes e prenda-os com palitos. Em um refratário, disponha os filés, despeje a água e o vinho, regue com azeite e leve ao forno. O prato estará pronto quando a carne estiver dourada.

veja também