Você sabe qual é a semelhança entre o temaki e a feijoada?

Você sabe qual é a semelhança entre o temaki e a feijoada?

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 12:13

Nesta segunda-feira (1°), é comemorado no Japão o Dia do Sushi. O temaki, cone de algas enrolado na mão, recheado de arroz e algas, acabou ficando bastante popular no Brasil. Tanto que não é vendido apenas nos restaurantes, mas também em temakerias, como fast-food.

De acordo com o sushimen Danilo Miyabara, do restaurante Sushibol, em São Paulo, as temakerias são manias brasileiras e não existem lá no Japão.

- O que existe são lojas de conveniência que comercializam o temaki.

E você sabe qual é a semelhança entre o cone japonês e a feijoada brasileira? Aparentemente, nenhuma. Mas o modo como são feitos é bem parecido.

No livro História da Alimentação no Brasil (ed. Global, R$ 85), Luís da Câmara Cascudo explica que a feijoada deriva dos cozidos típicos da Europa, feito com feijões, favas ou grão-de-bico. Para os europeus, tanto a orelha, como o rabo e a língua eram considerados partes valorizadas do porco, mas não eram usados nos assados.

Outras histórias contam que a feijoada nasceu nas senzalas, onde os escravos usavam as partes não aproveitadas da casa grande para incrementar a papa de feijão que recebiam.

O temaki, assim como a feijoada, também é feito com as partes que não são aproveitadas dos peixes, mas Miyabara explica que não são sobras, não!

- Em todo peixe há ‘retalhos’ que sobram de acordo com o corte, e podem ser usados em pratos diversos, recheios em geral.

veja também