Acabe com a barriga até o verão

Acabe com a barriga até o verão

Atualizado: Terça-feira, 24 Agosto de 2010 as 12:46

A barriguinha saliente é uma assombração entre homens e mulheres. Ninguém gosta, acha bonito ou quer uma dessas para si. A boa notícia é que, segundo Cláudia Cozer, endocrinologista da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), esse tipo de gordura é mais fácil de ser eliminada em relação a dos quadris e coxas.Com pequenas substituições no cardápio e mudança de atitudes, você pode diminuir a barriga até o verão, e sem muito sofrimento.

Tanto a pochete (aquela "bolsinha" que você enxerga quando olha para baixo), quanto os pneuzinhos (aquelas gordurinhas que saltam na lateral da calça), incomodam quem quer um corpo em forma. E nem sempre a pancinha é sinal de sobrepeso. A danada pode aparecer por diversos motivos, como má alimentação, postura e genética.

A nutricionista Mariana Del Bosco, também da Abeso, conta que alguns alimentos causam má digestão, o que pode deixar a barriguinha com aparência de estufada.

- Os alimentos que frequentemente estão associados a essa sensação são as leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, soja e grão de bico) e as crucíferas (couve, couve-flor, brócolis, couve de Bruxelas).

Quem adora essas comidinhas, não precisa eliminá-las do cardápio, mas apenas consumi-las com moderação. De qualquer forma, elas não são responsáveis pelo aparecimento de gordura, apenas inchaço. Há sim outros alimentos que influenciam (e muito!) para que a gordura se estoque na barriga. Patrícia Baston Frenhani, professora de Nutrição da Universidade Puc-Campinas, explica que os principais grupos são a gordura saturada e hidrogenada rica em trans.

Outro vilão é o pãozinho. Um estudo feito na Universidade Tufts, em Boston, nos Estados Unidos, concluiu que o pão de forma branco aumenta a barriga. O estudo analisou 459 homens e mulheres. Aqueles que passaram por uma dieta à base desse alimento tiveram um amento da circunferência da cintura três vezes maior do que aquelas que passaram por uma dieta à base de comidas integrais. Sentiu o drama?

Para os estudiosos, uma das explicações seria o fato de que, como as comidas integrais são ricas em fibras, dão uma sensação de saciedade e, por isso, as pessoas acabam comendo menos. Mariana explica que além dos carboidratos refinados (massa, pão branco), outros alimentos contribuem para o aparecimento da barriguinha, como as bebidas alcoólicas, o açúcar e doces em geral.

- Esses alimentos têm digestão rápida e aumentam a disponibilidade de açúcar no sangue. Isso faz com que haja maior produção de insulina pelo pâncreas.

A longo prazo, o corpo não é capaz de usar essa insulina como deveria. Assim, o metabolismo entende que deve enviar o açúcar do sangue às células e o resultado disso você já sabe: excesso de peso.

- A dieta ideal para perder gordura na região da barriga deve ser composta por carboidratos integrais, de digestão lenta e por gorduras boas, como as poliinsaturadas e monoinsaturadas.

Por: Helena Dias

veja também