Acne - verdade ou mentira?

Acne - verdade ou mentira?

Atualizado: Quarta-feira, 1 Abril de 2009 as 12

A acne faz parte do grupo de queixas mais comuns  nos consultórios dos dermatologistas e clínicas de estética. Muitas dúvidas surgem sobre o problema. Para saber o que é mito e o que é verdade sobre essas terríveis inimigas da beleza, preste atenção na matéria a seguir.

Acne só ocorre na adolescência.

Mentira. Ela pode ocorrer na idade adulta também causada por um distúrbio hormonal, como o ovário policístico. Por isso, mulheres com esse problema são candidatas em potencial para ter acne.

Tomar sol ajuda a secar as espinhas.

Mentira. O sol apenas ajuda a disfarçar. Porém, em excesso, ele estimula a produção de gordura ainda mais.

A melhor época para fazer peelings e tratamentos com ácidos é no inverno.

Verdade. O sol numa pele descamada é de altíssimo risco, o resultado pode ser desastroso: manchas e queimaduras.

Espremer é o melhor caminho para acabar com elas.

Mentira. Esse ato pode aumentar ainda mais o processo infeccioso e levar à formação de cicatrizes. O melhor a fazer é controlar a oleosidade para que a acne não cresça e apareça.

Usar maquiagem com freqüência propicia o seu aparecimento.

Mentira. Se houver a higienização correta da pele do rosto não há nenhum problema.

Alimentos quentes e gordurosos provocam a acne.

Verdade. Alimentos como pimenta, chocolate, manga e amendoim aceleram o metabolismo, aumentando a produção de sebo.

Pasta de dente, sauna e banhos a vapor diminuem seu surgimento.

Mentira. A sauna e o banho a vapor aumentam a circulação local, relaxam a pele e  permitem a extração de comedões. Já a pasta de dente não é recomendada para controlar a acne.

Fatores emocionais e ciclo menstrual podem atuar como agravantes.

Verdade. Devido a alterações hormonais que ocorrem na época da menstruação, principalmente em pacientes que sofrem de Tensão Pré-Menstrual (TPM), acentuadas por sintomas como irritabilidade, depressão e a vontade de comer doces, o problema pode ser agravado.  

Cravos e espinhas são comuns em peles oleosas.

Verdade. Apesar da pele oleosa ser mais propensa a apresentar acnes, a boa notícia é que esse tipo de pele envelhece mais tardiamente.

veja também