Adeus aos pelos encravados

Adeus aos pelos encravados

Atualizado: Terça-feira, 18 Outubro de 2011 as 8:13

Imagine essa cena: você tem uma festa, já escolheu o vestido, se produziu o dia todo e de repente, olha para a perna e ele está ali gritando, o “bendito” pelo encravado, vermelho e inflamado que dói só de olhar. Pior ainda quando o problema é na virilha, às vésperas de pegar aquela praia com os amigos e com o namorado. 

Durante emergências, a pinça até pode parecer a melhor opção, mas, se não usada corretamente, a chance de você fazer um estrago ainda maior na pele é muito grande. Resolver o problema de uma vez por todas, no entanto, é bem simples, a palavra de ordem é prevenção. Quer saber o que fazer em uma emergência? 

Para prevenir

Para evitar o aparecimento do pelo encravado, Regina Jordão, esteticista e proprietária da rede Pello Menos, indica manter a pele sempre hidratada, porque dessa forma, por mais que o pelo esteja fraco, ele terá condições de romper a pele. Também é importante “dar um tempo” entre os métodos depilatórios. “O ideal é intercalar a depilação com cera com algumas depilações com lâmina, lembrando que isso só vale para quem não é alérgico ao segundo método.”

Usar esfoliantes na pele também vale como prevenção. Gleicy Campos, esteticista do SPA da Pele, diz que fazer uso desses produtos uma semana antes de depilar, alternando dia sim, dia não, ajuda a remover as células mortas da pele, deixando-a mais fina. Assim, o pelo consegue ultrapassar a camada e não encravar. Outra boa dica é aplicar um creme com ácido salicílico onde os pelos costumam encravar pelo menos dez dias antes da depilação. Segundo Gleicy, isso ajuda a descamar a pele e facilitar a remoção dos pelos.

Para remediar

Usar a pinça para tentar remover esse pelo pode ser o método mais comum, mas nem sempre pode ser uma boa opção, pois você pode arrancar apenas uma parte dele, não resolvendo o problema e até mesmo se machucar, beliscando a pele, se não for profissional. Por isso, evite. 

Se o pelo estiver encravado e você precisa melhorar o aspecto da pele ou até mesmo desencravá-lo em uma emergência, a esfoliação é a melhor opção. Caso ele esteja inflamado, o melhor a fazer é procurar um profissional capacitado para ajudar no problema. “Não use agulha ou qualquer outro objeto sem uma técnica adequada. Você pode agravar a situação”, alerta Gleicy.

veja também