All Star único e com toque de arte

All Star único e com toque de arte

Atualizado: Segunda-feira, 19 Abril de 2010 as 12

Ícone de várias tribos, o All Star é o calçado mais vendido da história: até o fim do século XX, foram comercializados mais de 750 milhões de pares em todo o mundo. O tênis de lona e borracha, que fez muito sucesso nos anos 1980, ganhou nos anos 2000 várias cores e modelos e atualmente figura nos pés de descoladinhos, roqueiros e até de patricinhas. Além de versátil, outra característica interessante desse sapato é a possibilidade de personalizá-lo, o que vai muito além de riscar as partes de borracha com caneta.

Algumas customizações podem começar acidentalmente. Foi o que houve com a artista plástica Gloria Tommasi. Quando estudava na faculdade de Belas Artes, em São Paulo, ela deixou cair tinta gráfica preta em seu tênis Bamba branco, que é feito de lona, como o All Star. "Para esconder as manchas, ainda durante a aula comecei a fazer florzinhas com uma caneta preta. Da mancha fiz o miolinho da flor, para não ficar com cara de borrão. O pessoal curtiu, gostei da ideia e comecei a comprar tênis e pintá-los com tinta para tecido."

Gloria conciliava o trabalho como professora com a customização de roupas e tênis. Com o passar do tempo, o Bamba foi substituído pelo All Star. "A filha de uma amiga ia fazer aniversário e resolvi fazer um All Star para ela, com uma centopeia, que dava a volta em todo o tênis. Na festa, foi um auê, e o pessoal começou a pedir", conta. Há dois anos, ela deixou de dar aulas e passou a se dedicar exclusivamente à customização. O carro-chefe é o tênis eternizado por Chuck Taylor, mas também há quem peça modelos genéricos, camisetas e jeans.

A customização dos tênis é feita de acordo com as ideias do cliente. A pessoa diz à artista o que quer e ela pensa no desenho e nas aplicações. Gloria desenha direto no tênis, com lápis, depois faz o contorno com canetas secas e usa canetas para tecido e definitivas para pintar. Esses materiais são laváveis e não desbotam. Alguns modelos ficam prontos cinco ou seis horas depois. Outros, mais trabalhosos, com aplicações de strass ou tachas, podem levar até três dias para serem concluídos.

Os calçados novos podem ser comprados pelo cliente ou por Gloria. As pinturas custam, em média, R$ 50 – se houver aplicações de strass ou tachas, o trabalho fica um pouco mais caro. A artista plástica mora em São Paulo, mas despacha para outros Estados. Encomendas podem ser feitas pelo telefone (11) 5062-2479. Mais informações no site L’arte.

por Andressa Zanandrea

veja também