Aprenda a conviver com a acne!

Aprenda a conviver com a acne!

Atualizado: Segunda-feira, 2 Janeiro de 2006 as 12

Manter a pele bonita e saudável não é tarefa simples, especialmente se ela for oleosa. Os poros dilatados, a pele brilhante e a temível presença de cravos e espinhas, não agradam mulher alguma, e podem acabar com a auto-estima de qualquer pessoa. Sobretudo, se surgir em uma das fases mais difíceis da vida, a adolescência e permanecer na vida adulta.

A acne é a mais comum das doenças de pele. No Brasil, estima-se que ela atinja cerca de 10.000.000 de pessoas. Outrora, não se dava importância ao tratamento da acne, porém o tempo de crescente preocupação com a estética levou a pesquisa e indústria de beleza a desenvolver novos e eficientes produtos. Embora não seja uma doença que envolva risco de morte, sem cuidados, pode provocar danos físicos e, principalmente, psicológicos.

O estresse e ansiedade ajudam no desenvolvimento da acne e só pioram o quadro. Você já passou pela experiência do surgimento de uma espinha enorme na ponta do nariz na véspera de uma festa ou evento importante? Portanto, além de procurar um dermatologista e talvez consultar um ginecologista para verificar a origem do problema e cuidar do físico, é necessário prestar atenção no psicológico.

Os problemas psicológicos mais comuns são: isolamento social, discriminação e mudança repentina de imagem. Muitas vezes as pessoas com acne entram em depressão, sentem-se infelizes com a aparência e fogem da vida social. O pior está ai, porque quando nos escondemos nos sentimos mais sozinhos. Tente evitar que isso aconteça e faça um esforço para continuar a sua vida normalmente. Caso contrário, se já embarcou nessa, procure ajuda médica.

Outra queixa muito freqüente é a discriminação e o emprego de apelidos. Tente não se importar com esse tipo de pessoa. Tenha certeza de que seus amigos ajudarão você a passar por esse problema. Não pire achando que todo mundo só olha para as suas espinhas. Como já foi mencionado, a acne é a doença de pele mais comum entre as pessoas. Em uma fase de nossas vidas, todos nós temos apelidos. O que o outro quer é provocar, então haja com bom humor.  

Não fique com medo de que o outro não te queira porque você tem acne. Também aprenda a escolher pessoas que não se interessam apenas pela aparência, mas sim pelo que há dentro de você como ser humano. Encare a acne como um desafio e uma forma de cuidar bem de sua saúde e, especialmente de você.

Você tem a pele lisinha e de repente como a estourar um monte de cravos e espinhas, tomando conta do seu rosto. Essa mudança é muito complicada mesmo. Há tratamentos para acne, porém não são como mágica, levam um certo tempo. É preciso disciplina e paciência para esperar a beleza voltar.

Informar-se e tirar todas as suas dúvidas é um primeiro passo para buscar e manter a sua pele bonita e com saúde. Claro, que nada como o seu médico, entretanto aqui neste espaço você poderá conhecer um pouco mais sobre a acne: o que é, como se forma, onde e quem atinge, estágios, tratamentos e prevenções, mitos, entre outras informações. Essa doença, além de atingir a pele, traz conseqüências para a vida como um todo, principalmente se não for tratada. Portanto, aprenda a conviver com a acne. Ela tem solução.

Leia também

Normal, oleosa ou mista? Descubra agora o seu tipo de pele Mantenha a pele sempre bonita e livre de manchas. Envelhecer é inevitável! Maquiagem: a amiga da beleza. Aprenda a conviver com a acne! Conheça o segredo de beleza para adiar a cirurgia plástica. Fuja das marcas de expressão e dos pés de galinha. Para quem deseja uma boca carnuda... Para um efeito incrível! Pêlos clarinhos, quase transparentes, nas sombracelhas?

veja também