Aprenda a misturar vários anéis, tendência entre as fashionistas, sem errar

Aprenda a misturar vários anéis, tendência entre as fashionistas, sem errar

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

Foi-se o tempo em que os anéis eram usados com parcimônia, seguindo regras de combinações rígidas - dourado com dourado, prata com prata etc. A moda agora é colocar (vários) anéis na mesma mão.

O R7 esteve na SPFW (São Paulo Fashion Week), maior semana de moda do país, e registrou várias pessoas apostando na tendência.

E, assim como ficou ultrapassado combinar a bolsa com o sapato, não é mais preciso combinar os materiais de joias e bijuterias como se fazia antigamente. A fórmula de sucesso é misturar.

Mas, nem tudo dá certo na hora de cravejar os dedos com diversos anéis. E, embora a máxima “tudo junto e misturado” funcione, é necessário atenção na hora de aplicá-la. A reportagem ouviu especialistas para que dessem dicas de como criar um mix de anéis.

De acordo com elas, os materiais, os tamanhos, as formas – caveiras, flores, bichos –, as cores das pedras e o equilíbrio entre os brilhos e os foscos devem ser observados.

Titta Aguiar, consultora de estilo e autora do livro Acessórios - Por que, Quando e como Usá-los (editora Senac), diz que essa onda de exagerar nos anéis tem como herança os anos 80 e 70 – o setentismo serviu de forte inspiração para várias grifes nas últimas duas temporadas.

- Na SPFW, as pessoas são muito criativas. Usam o querem, onde querem e como querem. Mas precisamos pensar em alguém mais discreto e sofisticado e que não sem tanta familiaridade com o mundo da moda. Daí, algumas regrinhas podem ajudar.

Coerência de estilos

De acordo com a especialista, a dica é manter a harmonia de estilo das peças. Para isso, deve-se eleger um anel que será o “rei”. Ele servirá de base para a escolha dos acessórios complementares.

- Se for um anel moderno, as outras peças devem ter uma pegada mais moderna; se for clássico, os demais devem seguir essa linha; se for esportivo, idem.

Mix de banhos e tamanhos

Segundo a stylist Olivia Hanssen, a mistura de materiais e banhos (rosados, bronzes e amarelos) também está liberada, assim como a de tamanhos e formatos.

- Não vejo problema em misturar o ouro com o prata, por exemplo. Além disso, o mix de anel grande com anel pequeno pode equilibrar a produção e render um visual interessante.

Titta alerta, no entanto, que se um dos anéis for grande demais, deve-se evitar os bem fininhos, tipo aliança, pois podem ficar desproporcionais. Outra dica é harmonizar as cores.

- Não dá para ter um arco-íris nos dedos. Se a mulher escolher um anel com uma grande pedra colorida, é melhor usar modelos lisos nos outros dedos. O mesmo com os brilhos. Se uma das peças tiver muito strass, por exemplo, as outras devem ser mais lisas e foscas.

Combinação com outros acessórios

Com os dedos recheados de anéis, não é difícil imaginar que outros acessórios possam poluir o look. Olivia ensina a não errar nesta hora.

- Se estiver cheia de anéis, evite pulseiras, pois ficam próximas à região das mãos. Já brincos e colares não trazem grandes problemas. Por estarem longe, não pesam no visual.

Titta observa ainda que, ao optar por muitos anéis, não há razão para jogar um colar enorme no pescoço ou carregar as orelhas com maxibrincos.

- O melhor é deixar os braços livres. Se quiser usar um colar, amenize com um modelo de corrente fina e pingente pequeno.

Para não errar na ocasião

Jóias combinadas com bijuterias muito baratinhas também não ficam legais e é melhor não apostar neste mix, diz Titta. Outra dica valiosa da consultora, que dá palestras em empresas e corporações, é tomar cuidado de quando e onde usar um monte de anéis.

- Nunca use uma dezena de anéis em uma reunião de trabalho. Ministro palestras para empresários e eles sempre rejeitam esse tipo de look. Dizem que a impressão que se tem é de que a pessoa ‘se preocupa mais com o visual do que com o conteúdo do trabalho’. Descrição e elegância são fundamentais nesta hora.

Em festas mais chiques, como casamentos e eventos de gala, exagerar também não é o melhor caminho. Um belíssimo anel e um par de brincos de tirar o fôlego, afirma a consultora, garantirão uma apresentação impecável.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições