Batons escuros e sombras fortes substituem maquiagem natural

Batons escuros e sombras fortes substituem maquiagem natural

Atualizado: Quinta-feira, 14 Abril de 2011 as 11:15

Pode esquecer aquela regra que manda "apagar" o batom se a sombra for forte, e vice-versa. No inverno, olho e boca recebem cores de verdade, e as duas tendências andam juntas, sim.

Batons escuros bem delineados lembram as divas de Hollywood. "Voltaram à moda cores há muito afastadas da beleza, como uva, vinho e café", diz o maquiador Roosevelt Vanini, do salão C.Kamura. Nas peles claras, vale o contraste. Nas morenas, o resultado é mais natural.

Os olhos ganham desde cores clássicas (grafite, marrom, dourado) até tons dos anos 70, tipo verde cintilante e berinjela, juntos ou não.

O preto esfumado dá um tempo, e é substituído pelo cinza, vedete da estação.

Na pele, o efeito opaco é substituído agora pela base líquida transparente, "mais luminosa", diz Roosevelt. Pó, só na zona T, ensina ele.

O blush também precisa ser sutil, e a sobrancelha pode ser levemente clareada com uma camada fina de corretivo. "É um truque para deixar o conjunto mais contemporâneo. Se a sobrancelha for muito marcada, a maquiagem fica caricata."

Para conseguir esse resultado sofisticado sem que a maquiagem fique muito pesada, opte por uma cor de sombra opaca. Com um pincel próprio, o maquiador Roosevelt espalhou a sombra cinza escuro em toda a pálpebra móvel e rente à linha dos cílios inferiores. Depois, com o mesmo pincel, ele esfumou o contorno. Para finalizar, lápis bege na linha dos cílios inferiores e uma camada generosa de rímel preto. Na boca tom de uva (cor que andou banida, mas voltou com tudo), ele primeiro fez todo o contorno com um lápis da mesma cor do batom, que foi aplicado na sequência. Depois, contornou novamente com o lápis.

veja também