Cabelos brancos: assumir ou camuflar?

Cabelos brancos: assumir ou camuflar?

Atualizado: Sexta-feira, 16 Maio de 2008 as 12

Não interessa qual é a sua cor, crença ou classe social, um dia você também terá cabelos brancos. Quando eles chegam, não adianta se desesperar, as soluções são as mais simples possíveis: pintar ou assumir.

Há tempos, o cabelo branco deixou de representar vovós frágeis ou mulheres que não se cuidam. O branco é hoje sinônimo de atitude e estilo. ?Os cabelos brancos só precisam de um corte moderno para não envelhecer a pessoa, mas sim deixá-la cheia de estilo?, afirma Thiago Bertocci, hair stylist.

A partir daí, vale desvendar os mitos e as dúvidas em torno dos fios brancos. Para isso, a dermatologista Erica Monteiro e a terapeuta capilar, Sheila Bellotti, respondem às questões mais freqüentes.

Qual é o motivo do nascimento dos cabelos brancos?

Erica Monteiro, dermatologista: Cabelo branco é genético. Essa é a principal causa. Existem pessoas que têm tendência a ter mais cedo e outras mais tarde, mas todas terão. Com o passar dos anos, as células sofrem um processo chamado apoptose, que é a morte da célula que produz a melanina - pigmento que dá a cor aos pêlos e a pele. A morte desta célula, o melanócito, é programada pela genética de cada um.

Sheila Bellotti, terapeuta capilar: O normal e o que é muito importante ressaltar é que cabelos pretos não podem, de uma hora para outra, ficar brancos. Cabelos crescem por anos com pigmentos dentro deles, a menos que eles morram, não há processo natural que possa destruir a melanina rapidamente.

O estresse pode desencadear o processo?

Erica Monteiro: Não. Muitas pessoas escutam por aí que o estresse pode antecipar a chegada de cabelos brancos, mas isso é mito. A verdade é que o estresse faz com que os cabelos caiam mais depressa, mas não que fiquem brancos.

Sheila Bellotti: Apesar de não ter ligação com o embranquecimento, alguns traumas, que geram uma queda capilar, como o eflúvio telógeno, o vitiligo capilar, ou a alopecia areata, podem fazer com que os próximos fios nasçam sem pigmentação.

Em qual idade os fios brancos começam a aparecer?

Erica Monteiro: Pelo menos 50% da população com mais de 50 anos de idade apresenta fios brancos no couro cabeludo, mas não existe uma faixa etária que determine o início do aparecimento da kanície (o nome científico para os cabelos brancos). É normal que os primeiros fios brancos apareçam entre 30 e 40 anos. Antes disso também pode acontece, tudo depende dos antecedentes genéticos.  

Sheila Bellotti: Em se tratando de genética, não há idade precisa para os cabelos aparecerem. Há relatos de crianças e adolescentes que já possuem cabelos brancos em algumas áreas da cabeça. Os cabelos brancos não têm hora marcada, nem tempo certo.

A estrutura do fio branco costuma ser diferente. Por que isso acontece? Ele é um fio "doente"?

Erica Monteiro: Na verdade não tem muita diferença, apenas falta melalina. Com o envelhecimento, os cabelos tendem a ficar menos hidratados. Os fios sofrem de acordo com a alteração hormonal, por isso, podem ficar mais secos e brilhar menos.

Sheila Bellotti: Os grânulos e pigmentos, que antes davam cor aos cabelos, são substituídos por bolhas de ar. Isso faz com que fiquem mais grossos. Mas depois de um tempo, eles voltam a ficar com a espessura normal. O que não adianta é arrancar, pois ele nasce de novo da mesma cor. Dizer que, para cada um que se arranca, nascem sete no lugar é mito.

O que pode ser feito para evitá-los?

Erica Monteiro: Não existe nada que possa retardar o processo de embranquecimento dos fios. Esse é um processo genético e não uma doença que possa ser tratada. Quem tem tendência a ter cabelo branco vai ter.

Sheila Bellotti: Não há registro de vitaminas ou qualquer medicamento que faça com que os cabelos deixem de ficar brancos. Boa alimentação, exercícios moderados e ser feliz são os melhores remédios para não associarmos as doenças que podem gerar cabelos brancos.

Qual é a melhor saída para quem odeia ter que conviver com os fios brancos? Existe alguma novidade em cosméticos?

Erica Monteiro: O método eficaz é a coloração, a tintura. Além de ser uma maneira simples e barata de sumir com os fios brancos, elas contêm em suas fórmulas proteínas e nutrientes. Ou seja,  além de tingir, as tintas também tratam.

Sheila Bellotti: Tonalizar e pintar são as únicas soluções viáveis para os cabelos brancos.

Para quem prefere não pintar, o que fazer para os fios não ficarem amarelados?  

Erica Monteiro: Existem alguns produtos, como shampoos e tonalizantes, que tiram o amarelado dos fios, outros tingem de violeta.  

Sheila Bellotti: Costumo indicar shampoos específicos para este fim. Antigamente trazíamos na mala esses produtos. Hoje, encontramos várias marcas que se dedicaram a isso, assim como oriento aos pacientes a fazerem ginástica capilar para irrigação contínua, aumentando a nutrição celular e a Laserterapia para oxigenação das células.     

veja também