Calça boca-de-sino: Você vai pegar ou largar essa tendência?

Calça boca-de-sino: Você vai pegar ou largar essa tendência?

Atualizado: Quarta-feira, 24 Agosto de 2011 as 9:43

  Depois da absoluta (e apertada!) calça skinny e a febre do confortável jeans boyfriend, a tendência deste inverno é ousada e já fez a cabeça das famosas: calça boca-de-sino!  

A releitura da tendência hippie dos anos 70 democratiza mais a moda, ajudando na hora de escolher o jeans que mais se adequa ao seu corpo e ao seu estilo. O modelo, originalmente justo nas coxas e gradativamente largo a partir dos joelhos, ganha modelagens que irão variar das mais tímidas - que abrem sutilmente no tornozelo- até as de diâmetro pouco discreto, o modelo “pata de elefante”.  

Várias celebridades já incluiram a releitura da pantalona nos seus looks: A eterna “Sex and City”, Sarah Jessica Parker, usou calça de lavagem bem escura e sapato de salto alto pra alongar a sua silhueta mignon.  

Katie Holmes apostou num visual mais casual e prático com sapatilhas e cardigan. A modelo Cláudia Schiffer marcou a cintura, ajudando a sofisticar o look. Lindsay Lohan, no entanto, escolheu o look para se apresentar no tribunal ... E não deixou de ficar superestilosa!  

Inspira-se. Saiba usar calça boca-de-sino:

- Pense na proporção:   prefira regatas, blazers e camisas mais sequinhas e ajustadas na parte de cima do seu look.

- Nos pés:   as mais altas podem usar com rasteiras e sapatilhas, já as mais baixas devem apostar em sapatos de salto alto, de preferência os de solado grosso, para não achatar a silhueta.  

- Lavagem:   prefira a lavagem uniforme, para não correr o risco de ficar com uma parte do corpo maior que a outra,  já que o corte da peça faz isso naturalmente. As mais baixinhas devem escolher as de lavagens mais escuras.  

- Comprimento:   a barra deve cobrir quase o pé inteiro, deixando a mostra apenas o bico do sapato, novamente para alongar o corpo.  

- Junte tendências: escolha a boca-de-sino com cintura alta se quiser dar mais sofisticação à produção.  

E você? Vai apostar ou largar essa tendência?   

veja também