Cinco dicas para baixar de vez o volume dos cabelos

Cinco dicas para baixar de vez o volume dos cabelos

Atualizado: Segunda-feira, 13 Dezembro de 2010 as 10:07

- Queratina: essa proteína fibrosa é o que garante a elasticidade dos fios e sua impermeabilidade à água. Se estiver mal distribuída, o resultado são fios com estrutura irregular, um se sobrepondo ao outro, aumentando o volume. A falta de queratina e de hidratação também contribuem para o aumento da porosidade do cabelo, abrindo as cutículas dos fios e, consequnetemente, também aumentando o volume. Por isso, o primeiro passo para domar o volume é a hidratação. No salão, pelo menos duas vezes por mês e, emm casa, fazendo a manutenção com cremes. “Usando um condicionador pesado, sem enxágue, já dá para ter um resultado emergencial. O cabelo vai ganhar mais peso e não vai encher tanto”, diz o cabeleireiro Gilberto Moraes.

- Reestruturar os fios: esse é o segundo passo a seguir , para fechar as cutículas e fazer uma reposição mineral uniforme. Cíntia Araújo, terapeuta capilar da Fashion Clinic, no Rio, explica o processo: “É uma restauração da fibra, feita com prancha, que realinha os fios, texturizando com queratina. Não é um alisamento, é apenas para tirar aquela porosidade que os fios desestruturados têm e que gera o volume”.

- Lavagem: Cíntia explica que o xampu deve ir direto no couro cabeludo. Em seguida, enxaguar bem e tirar o excesso de água com a toalha, de preferência bem sequinha, reservada especificamente para o cabelo. Senão, o condicionador ou o leave-in, que vêm em seguida, não penetram, ficam pingando e vão todos para roupa”, diz. Já o condicionador, esse sim, direto nos fios. “Ele não deve ir para o couro cabeludo porque vai secar ali, gerar caspa, seborréia, mal cheiro”, afirma ela. Seguindo essas instruções, a lavagemm pode ser até diária.

- Máscaras termoativadas: use-as uma vez por semana.

- Pentes de dentes grossos e largos: esses são os ideais. “Aqueles do tipo garfo, tridentes, de madeira, que são antiestáticos, são perfeitos”, afirma. E, se acabar com o volume é, antes de mais nada, uma questão de diz Gilberto.

veja também