Como a pele envelhece

Como a pele envelhece

Atualizado: Terça-feira, 21 Junho de 2011 as 10:36

Já a partir dos 20 anos a taxa de produção celular diminui e os mecanismos de defesa do nosso organismo perdem a efetividade natural. Mas é entre os 40 e os 50 anos que, além do menor ritmo de renovação celular e da perda da capacidade de retenção da água, os efeitos cumulativos da agressão solar e o contato com as mais variadas formas de liberação de radicais livres, como o estresse, a poluição, o cigarro e a ingestão de bebidas alcoólicas, entre outros, são somados às mudanças hormonais que geram uma séria de reações bioquímicas no organismo da mulher. Para o homem, as alterações hormonais não têm tanto impacto na aparência da pele.

O que são os Radicais livres de Oxigênio (O2)?  

São moléculas formadas diariamente no nosso organismo. Por serem muito instáveis, se não estivermos devidamente protegidos, podemos ter estruturas celulares, como a do DNA atacadas. Isso altera a condição de normalidade da pele, favorecendo o surgimento de rugas, flacidez e perda da vitalidade. O sol, o cigarro e o álcool são grandes desencadeadores da produção de radicais-livres. 

Do lado de dentro, do lado de fora  

O envelhecimento interno, também chamado de envelhecimento cronológico, é decorrente do desgaste natural do organismo, causado pelo passar dos anos, sem a interferência de agentes externos, com o envelhecimento de todos os órgãos, inclusive a pele. A aparência da pele envelhecida só por fatores internos é a da pele idosa encontrada na face interna do braço, próxima à axila. É uma pele fina, com pouca elasticidade, mais flácida e apresentando finas rugas, porém sem manchas ou alterações na sua superfície.

O envelhecimento externo, ou fotoenvelhecimento, é aquele decorrente do efeito da radiação ultravioleta do sol sobre a pele durante toda a vida. 

SOL vilão  

O raio UVA representa a maior parte do espectro ultravioleta e possui intensidade constante durante todo o ano. Penetra profundamente na pele, sendo o principal responsável pelo fotoenvelhecimento. Tem importante participação nas fotoalergias e também predispõe a pele ao surgimento do câncer.O raio UVB é o principal causador do câncer de pele, apresentando maior intensidade durante os meses de verão. É o responsável pelas queimaduras solares e pigmentação indireta da pele.    

veja também