Como driblar a retenção de líquido e dar adeus ao inchaço

Como driblar a retenção de líquido e dar adeus ao inchaço

Atualizado: Quinta-feira, 3 Novembro de 2011 as 12:12

Se tem uma coisa que atrapalha a perda de peso e faz o ponteiro da balança disparar é a retenção de líquido. O problema nada mais é do que um acúmulo excessivo de água no organismo, que pode resultar em um ou dois quilos a mais em um dia. Péssima notícia, não é? Mas nós vamos te ajudar nisso. Basta adotar alguns hábitos e o problema pode ser minimizado.

A retenção de líquido, que pode ser identificada pelo inchaço na mãos, pernas, barriga, tornozelo e mamas, e sensação desconfortável, fica mais evidente nas mulheres na época de tensão pré-menstrual e no período menstrual. As principais causas são a obesidade, má alimentação, sedentarismo, o excesso de produção de progesterona e o uso de hormônios, principalmente os que contêm progesterona, como o anticoncepcional.

Enfim, o inchaço apareceu e está incomodando. O que fazer? É possível eliminá-lo a partir de uma alimentação mais regrada e, consequente, perda de peso. Para começar, é importante trocar os carboidratos simples (massas, pães) pelos complexos (pães integrais, cereais integrais), além de evitar açúcar, doces e excesso de sal. Que tal investir nas saladas, frutas, sucos naturais e muita, mas muita água. No mínimo, 8 copos por dia. Bons hábitos alimentares são importantes aliados contra a retenção de líquido. Outra dica é evitar o sedentarismo. Pratique exercícios físicos, porque melhoram a circulação do organismo.

A drenagem linfática também pode ajudar muito a combater esse mal. Experimente combiná-la com a boa alimentação e a prática de atividades físicas. O resultado é maravilhoso, porque ajuda o sistema linfático a eliminar líquidos e toxinas acumulados. Na verdade, a drenagem nada mais é do que uma técnica de massagens com manobras específicas que consiste de uma pressão suave. De acordo com a esteticista Wilamar Arrais Dutra, fisioterapeuta da clínica de estética Suprema, essas manobras estimulam o sistema linfático a trabalhar em ritmo mais rápido, mobilizando as linfas até os gânglios linfáticos.

O que acontece é que com a drenagem, há eliminação do excesso de líquido e toxinas do organismo, já que a linfa, que é estimulada nesse processo, é responsável pela eliminação de impurezas que as células produzem durante o metabolismo. Por isso, a redução do inchaço e melhora da circulação com a drenagem. Tudo que o organismo precisa para dar um "chega pra lá" na retenção de líquido.

Mas fique atento se as causas do inchaço não forem simplesmente a má alimentação, sedentarismo, uso de anticoncepcionais, obesidade e o desconforto da tensão ou período menstrual. Se houver dúvida, procure um médico, porque problemas renais e cardíacos também podem causar edemas.

veja também