Confira cinco estratégias que ajudam a melhorar o poder da memória

Confira cinco estratégias que ajudam a melhorar o poder da memória

Atualizado: Terça-feira, 28 Setembro de 2010 as 3:47

Com o passar do tempo e principalmente com o estresse do dia a dia, a capacidade para lembrar-se dos detalhes diminui. A situação piora para quem tem uma rotina muito agitada e atarefada, como a maioria das mulheres modernas, e que precisa confiar em sua memória. Segundo o Cérebro Melhor, um curso de treinamento cerebral por jogos online, como os músculo de nosso corpo, é possível "malhar" o cérebro também.

Aqui estão cinco estratégias que contribuem com melhorias da memória, baseadas em pesquisas científicas:

Sono

O sono há tempos foi identificado por cientistas como o estado em que nossos corpos otimizam e consolidam novas informações adquiridas e as armazenam como memória. Um novo estudo na Nature Reviews Neuroscience fornece mais evidência de que um sono adequado é um ingrediente chave na melhora da memória.

Alimentação

É sabido que uma alimentação ruim afetará negativamente sua memória. Existem fortes evidências científicas que uma dieta rica em Omega-3, vitamina B e antioxidantes é importante para a saúde do cérebro.

Relaxamento

Desestressar e meditar são também maneiras cientificamente aceitas de melhorar a memória. Em um estudo muito divulgado sobre meditação, uma forte argumentação foi feita de que a prática diária da meditação engrossa as partes do córtex cerebral responsáveis pela tomada de decisão, atenção e memória.

Exercícios Físicos

Um estudo recente da Universidade da Pennsylvania sobre exercícios e memória descobriu que pessoas que praticavam rotineiramente exercícios com atenção mostraram melhorias mensuráveis em "desempenho cerebral".

Estímulo Cognitivo

Finalmente, não é nenhum segredo que participar regularmente de treinamento cerebral ajuda a melhorar a memória. Num estudo publicado por Bernard Croisile, exercícios de atenção podem melhorar a memória em até 13,9%, com aprimoramento geral de 15,6% nas habilidades cognitivas.

Com o passar do tempo e principalmente com o estresse do dia a dia, a capacidade para lembrar-se dos detalhes diminui. A situação piora para quem tem uma rotina muito agitada e atarefada, como a maioria das mulheres modernas, e que precisa confiar em sua memória. Segundo o Cérebro Melhor, um curso de treinamento cerebral por jogos online, como os músculo de nosso corpo, é possível "malhar" o cérebro também.

Aqui estão cinco estratégias que contribuem com melhorias da memória, baseadas em pesquisas científicas:

Sono

O sono há tempos foi identificado por cientistas como o estado em que nossos corpos otimizam e consolidam novas informações adquiridas e as armazenam como memória. Um novo estudo na Nature Reviews Neuroscience fornece mais evidência de que um sono adequado é um ingrediente chave na melhora da memória.

Alimentação

É sabido que uma alimentação ruim afetará negativamente sua memória. Existem fortes evidências científicas que uma dieta rica em Omega-3, vitamina B e antioxidantes é importante para a saúde do cérebro.

Relaxamento

Desestressar e meditar são também maneiras cientificamente aceitas de melhorar a memória. Em um estudo muito divulgado sobre meditação, uma forte argumentação foi feita de que a prática diária da meditação engrossa as partes do córtex cerebral responsáveis pela tomada de decisão, atenção e memória.

Exercícios Físicos

Um estudo recente da Universidade da Pennsylvania sobre exercícios e memória descobriu que pessoas que praticavam rotineiramente exercícios com atenção mostraram melhorias mensuráveis em "desempenho cerebral".

Estímulo Cognitivo

Finalmente, não é nenhum segredo que participar regularmente de treinamento cerebral ajuda a melhorar a memória. Num estudo publicado por Bernard Croisile, exercícios de atenção podem melhorar a memória em até 13,9%, com aprimoramento geral de 15,6% nas habilidades cognitivas.

Com o passar do tempo e principalmente com o estresse do dia a dia, a capacidade para lembrar-se dos detalhes diminui. A situação piora para quem tem uma rotina muito agitada e atarefada, como a maioria das mulheres modernas, e que precisa confiar em sua memória. Segundo o Cérebro Melhor, um curso de treinamento cerebral por jogos online, como os músculo de nosso corpo, é possível "malhar" o cérebro também.

Aqui estão cinco estratégias que contribuem com melhorias da memória, baseadas em pesquisas científicas:

Sono

O sono há tempos foi identificado por cientistas como o estado em que nossos corpos otimizam e consolidam novas informações adquiridas e as armazenam como memória. Um novo estudo na Nature Reviews Neuroscience fornece mais evidência de que um sono adequado é um ingrediente chave na melhora da memória.

Alimentação

É sabido que uma alimentação ruim afetará negativamente sua memória. Existem fortes evidências científicas que uma dieta rica em Omega-3, vitamina B e antioxidantes é importante para a saúde do cérebro.

Relaxamento

Desestressar e meditar são também maneiras cientificamente aceitas de melhorar a memória. Em um estudo muito divulgado sobre meditação, uma forte argumentação foi feita de que a prática diária da meditação engrossa as partes do córtex cerebral responsáveis pela tomada de decisão, atenção e memória.

Exercícios Físicos

Um estudo recente da Universidade da Pennsylvania sobre exercícios e memória descobriu que pessoas que praticavam rotineiramente exercícios com atenção mostraram melhorias mensuráveis em "desempenho cerebral".

Estímulo Cognitivo

Finalmente, não é nenhum segredo que participar regularmente de treinamento cerebral ajuda a melhorar a memória. Num estudo publicado por Bernard Croisile, exercícios de atenção podem melhorar a memória em até 13,9%, com aprimoramento geral de 15,6% nas habilidades cognitivas.

Com o passar do tempo e principalmente com o estresse do dia a dia, a capacidade para lembrar-se dos detalhes diminui. A situação piora para quem tem uma rotina muito agitada e atarefada, como a maioria das mulheres modernas, e que precisa confiar em sua memória. Segundo o Cérebro Melhor, um curso de treinamento cerebral por jogos online, como os músculo de nosso corpo, é possível "malhar" o cérebro também.

Aqui estão cinco estratégias que contribuem com melhorias da memória, baseadas em pesquisas científicas:

Sono

O sono há tempos foi identificado por cientistas como o estado em que nossos corpos otimizam e consolidam novas informações adquiridas e as armazenam como memória. Um novo estudo na Nature Reviews Neuroscience fornece mais evidência de que um sono adequado é um ingrediente chave na melhora da memória.

Alimentação

É sabido que uma alimentação ruim afetará negativamente sua memória. Existem fortes evidências científicas que uma dieta rica em Omega-3, vitamina B e antioxidantes é importante para a saúde do cérebro.

Relaxamento

Desestressar e meditar são também maneiras cientificamente aceitas de melhorar a memória. Em um estudo muito divulgado sobre meditação, uma forte argumentação foi feita de que a prática diária da meditação engrossa as partes do córtex cerebral responsáveis pela tomada de decisão, atenção e memória.

Exercícios Físicos

Um estudo recente da Universidade da Pennsylvania sobre exercícios e memória descobriu que pessoas que praticavam rotineiramente exercícios com atenção mostraram melhorias mensuráveis em "desempenho cerebral".

Estímulo Cognitivo

Finalmente, não é nenhum segredo que participar regularmente de treinamento cerebral ajuda a melhorar a memória. Num estudo publicado por Bernard Croisile, exercícios de atenção podem melhorar a memória em até 13,9%, com aprimoramento geral de 15,6% nas habilidades cognitivas.

veja também