Conheça o peeling amazônico

Conheça o peeling amazônico

Atualizado: Terça-feira, 6 Dezembro de 2011 as 11:53

Uma das opções mais eficientes da dermatologia no combate do envelhecimento facial é o peeling, tratamento estético feito por meio de ácidos e fórmulas manipuladas. A novidade do momento, procurada em diversas clínicas de beleza e estética, é o peeling amazônico, procedimento eficaz e suave à base de raízes e folhas de plantas originárias da flora brasileira, enriquecido com enzimas de frutas tropicais e ácidos orgânicos. Em sua composição, estão presentes o açaí moído, que, além de esfoliar a pele, é rico em vitamina E e B1, indispensáveis para a circulação sanguínea e renovação celular.  

O tratamento é simples e composto por três etapas. Inicialmente, é realizada uma limpeza com a seiva amazônica, produto específico para uma higienização profunda. Depois de alguns minutos, começa a esfoliação. “A pele é enxaguada e, em seguida, é utilizado um creme para diminuir efeitos inflamatórios como ardência, vermelhidão e sensibilidade intensa”, explica Fernando Passos de Freitas, dermatologista.

Por se tratar de um procedimento extremamente seguro, devido à ausência de ácido, o peeling amazônico pode ser feito em qualquer época do ano, desde que o filtro solar seja utilizado corretamente durante o verão. Contudo, recomenda-se não se expor ao sol por pelo menos 15 dias durante o tratamento.

Bom custo-benefício

Para que o resultado seja eficaz, são indicadas de três a cinco sessões, que podem custar cerca de R$100 e devem ser feitas em dias alternados. A duração de uma sessão leva, em média, 30 minutos e pode ser em qualquer idade e em todos os tipos de pele, especialmente as pigmentadas como as negras e orientais. 

Entre os benefícios, destacam-se a hidratação da pele, melhora na textura e cicatrização, renovação celular, diminuição de rugas finas e profundas e o combate ao ressecamento e à acne, pois age como secativo e clareador retirando manchas e marcas.

Foto: Shutterstock

veja também