Conservantes encontrados no desodorante podem causar alergia

Conservantes encontrados no desodorante podem causar alergia

Atualizado: Segunda-feira, 1 Outubro de 2012 as 4:08

Fundamental para diminuir os odores desagradáveis produzidos pelo organismo e eliminados pela transpiração, o desodorante também tem como função perfumar e dar sensação de frescor à pele durante o dia. Porém, alguns tipos do cosmético contêm conservantes, como o parabeno, a isotiazolinona e o fenoxietanol, que podem causar alergia e deixar a cútis com aspecto áspero.

Esses conservantes são necessários para manter os produtos livres da contaminação por fungos ou bactérias e também garantir a estabilidade do produto, porém são pouco conhecidos por pessoas que apresentam sensibilidade aos componentes.

Por isso, para evitar surpresas, uma dica importante é estar sempre atento à marca e ao rótulo do desodorante. Além disso, o ideal é perguntar para o seu dermatologista sobre os elementos contidos no cosmético, uma vez que algumas pessoas com problema de transpiração excessiva precisam passar o desodorante mais de três vezes ao dia.

“O uso do desodorante em excesso pode causar desde problemas mais simples, como alergias, irritações, e até algum comprometimento das próprias glândulas sudoríparas, como obstruções e consequentemente, inflamações e infecções”, explica Dra. Luciana Macedo, dermatologista e diretora médica da Clinique des Arts, de São Paulo.

Sem conservantes

Para quem sofre com a transpiração excessiva e precisa dessa aplicação contínua do produto, a solução é utilizar desodorantes sem conservantes. Inicialmente desenvolvido nas farmácias de manipulação após orientação médica, esse tipo de produto também chegará, nos próximos meses, às drogarias convencionais para ampliar o acesso aos desodorantes livres de conservantes. 

“A única ressalva sobre os produtos sem conservantes é que ele precisa ser aplicado ainda mais vezes durante o dia para ter completa eficácia”, esclarece Dr. Mário Chagas, dermatologista da Derma Gávea, do Rio de Janeiro. Porém, devido à ausência dos conservantes, a chance de o produto causa alergia é mínima.

veja também