Corte certo de cabelo pode afinar o seu rosto

Corte certo de cabelo pode afinar o seu rosto

Atualizado: Sábado, 19 Dezembro de 2009 as 12

Quem está acima do peso ideal quer fazer de tudo para parecer mais magra. E uma das soluções para conseguir esse efeito é apostando em cortes que fazem verdadeiros milagres em nome de uma silhueta sequinha.

Fio reto, visual chapado

Os fios retos, nem sempre recomendados pelos cabeleireiros, são muito bem-vindos para quem quer alongar o rosto, principalmente os mais redondos. Por darem mais peso, esse tipo de corte ajuda a afinar o formato da face dando a impressão de que você está menos rechonchuda. "O peso das madeixas é fator determinante para conseguir um rosto mais fino, assim, corte o cabelo a cada três meses e se quiser uma franja, faça-a de forma longa e em diagonal." Na hora de secar o cabelo, retire a umidade dos fios e faça um brushing liso. Caso queira movimento, modele as pontas com a escova.

Lipo nos cachos

Se você tem cabelo cacheado e não quer alisar, é bom ficar atenta. Afinal de contas, muito volume pode deixar sua aparência ainda mais pesada. A opção mais indicada para valorizar os cachos, sem ter o efeito contrário do esperado, é deixar o cabelo bem comprido para que pesem e não armem tanto. "O mais indicado é que o cabelo esteja pelo menos 10cm abaixo do ombro. Isso ajudará a alongar o visual", adverte o cabeleireiro Wesley Nóbrega, do Studio W (SP). Na hora de valorizar o estilo, faça um brushing liso e depois defina os cachos com o baby-liss grande. "Isso fará com que as melenas não fiquem tão volumosas."

Longo, desfiado e magrinho

O mais indicado para quem quer garantir um visual mais slim é manter os fios compridos, principalmente para as mulheres com o rosto oval. Mas, como além de afinar o look também é importante garantir a leveza, o cabeleireiro Wesley Nóbrega aconselha repicar os fios na altura do nariz. "Para quem gosta de madeixas bem lisas, esse é o visual ideal. Para conseguir esse mesmo efeito, basta um brushing para eliminar o frizz. Quem tem fios cacheados ou ondulados, pode recorrer a técnicas de alisamento para não virar escrava da escova e da chapinha", garante o expert.

Dégradé que afina

Invista sem medo nos comprimentos médios com pontas desconectadas e laterais desfiadas em toda sua extensão. Para conquistar o look certo, o ideal é fazer uma escova bem lisa, seguida de chapinha. "No máximo, você pode modelar com a escova as pontinhas das madeixas. E nem pense em usar baby-liss para ganhar mais movimento. No caso das gordinhas, os cachos só agregam volume", ensina o cabeleireiro.

Chanel slim

Chanel longo com franja na lateral é a combinação perfeita para afinar rostos mais redondos, já que o comprimento ajuda a alongar o pescoço. "A franja longa em diagonal é a melhor opção para disfarçar as bochechas sobressalentes. E em conjunto com o chanel na altura dos ombros, o estilo permite um visual mais alongado do rosto redondinho", afirma Wesley. Para conseguir o mesmo visual da foto, você deve fazer uma escova, secando a franja para o lado. Use uma pomada para definir as pontinhas.

Franja reta (Errado)

Elas encurtam o rosto deixando-o com um aspecto arredondado.

Acessórios longos (Certo)

Use e abuse dos brincos longos e colares compridos, que ajudam a alongar a silhueta.

Cabelo curto (Errado)

Além de deixarem o rosto em evidência, costumam deixar a cabeça desproporcional ao corpo mais cheinho.

Fivelas delicadas (Certo)

Por serem menores, elas ajudam a tirar o destaque do rosto e ainda seguram sua onda caso bata a vontade de prender toda a cabeleira.

Rabo-de-cavalo (Errado)

Não prenda os fios em nenhum tipo de penteado (só o meio-preso é permitido!) para não deixar as bochechas sobressalentes.

Blush marrom (Certo)

Na hora de se maquiar, passe esse produtinho de forma ascendente para afinar as maçãs do rosto.

Volume (Errado)

O cabelo volumoso passa a sensação de que você é um mulherão. Só que como a idéia é diminuir o visual, vire adepta da escova.

Mechas californianas (Certo)

As pontas mais claras dão mais leveza ao visual.

por Fernanda Dragone

veja também