Curiosidades sobre proteção solar

Curiosidades sobre proteção solar

Atualizado: Quinta-feira, 7 Outubro de 2010 as 9:39

A importância diária do uso de proteção solar já é mais do que conhecida por todos. Mas existem outros aspectos nem tão comentados assim e que tem muita importância na prevenção ao câncer.

De acordo com a dermatologista Ana Lucia Recio as recomendações para fotoproteção nos dias de hoje incluem roupas apropriadas, filtro solar e ausência de exposição solar entre 10hs e 16hs.

Esses cuidados têm alguns aspectos importantes destes cuidados que valem a pena conhecer. Confira:

Agentes físicos

De acordo com Ana Lucia as roupas são bons fotoprotetores. Você sabia que existem até sabões em pó com aditivos que absorvem UV? Eles influenciam o fator de proteção do tecido: trama, espessura dos fios, umidade, roupa nova e proximidade da pele.

Os chapéus com aba larga têm FPS 7 no nariz, 3 na bochecha e 5 no pescoço. Até os vidros blindados ou com filme protetor protegem contra UV e luz visível. O vidro comum somente UVB.

Luzes artificais

A luz fluorescente não é prejudicial, já a luz dicróica pode ser cancerígena se estiver em uma distância inferior a 50cm e incidir diretamente sobre a pele.

Repelentes e filtros

A dermatologista explica que a associação de filtro solar e repelente não é recomendada, pois os filtros devem ser aplicados com frequência, de duas em duas horas, o que aumenta a toxicidade do repelente. Quando usar, passe primeiro o filtro e depois o repelente

Curiosidades

Nuvens, poluentes, neblina: diminuem a radiação ultravioleta por dispersão. Neve, gelo, areia branca, vidro e metal refletem 85% da radiação UVB. Árvores com copa densa e muita folhagem tem alto índice de proteção solar.

No Brasil, estima-se que 76% dos homens e 62% das mulheres se expõem ao sol sem qualquer tipo de proteção. Não faça o mesmo!

A importância diária do uso de proteção solar já é mais do que conhecida por todos. Mas existem outros aspectos nem tão comentados assim e que tem muita importância na prevenção ao câncer.

De acordo com a dermatologista Ana Lucia Recio as recomendações para fotoproteção nos dias de hoje incluem roupas apropriadas, filtro solar e ausência de exposição solar entre 10hs e 16hs.

Esses cuidados têm alguns aspectos importantes destes cuidados que valem a pena conhecer. Confira:

Agentes físicos

De acordo com Ana Lucia as roupas são bons fotoprotetores. Você sabia que existem até sabões em pó com aditivos que absorvem UV? Eles influenciam o fator de proteção do tecido: trama, espessura dos fios, umidade, roupa nova e proximidade da pele.

Os chapéus com aba larga têm FPS 7 no nariz, 3 na bochecha e 5 no pescoço. Até os vidros blindados ou com filme protetor protegem contra UV e luz visível. O vidro comum somente UVB.

Luzes artificais

A luz fluorescente não é prejudicial, já a luz dicróica pode ser cancerígena se estiver em uma distância inferior a 50cm e incidir diretamente sobre a pele.

Repelentes e filtros

A dermatologista explica que a associação de filtro solar e repelente não é recomendada, pois os filtros devem ser aplicados com frequência, de duas em duas horas, o que aumenta a toxicidade do repelente. Quando usar, passe primeiro o filtro e depois o repelente

Curiosidades

Nuvens, poluentes, neblina: diminuem a radiação ultravioleta por dispersão. Neve, gelo, areia branca, vidro e metal refletem 85% da radiação UVB. Árvores com copa densa e muita folhagem tem alto índice de proteção solar.

No Brasil, estima-se que 76% dos homens e 62% das mulheres se expõem ao sol sem qualquer tipo de proteção. Não faça o mesmo!

A importância diária do uso de proteção solar já é mais do que conhecida por todos. Mas existem outros aspectos nem tão comentados assim e que tem muita importância na prevenção ao câncer.

De acordo com a dermatologista Ana Lucia Recio as recomendações para fotoproteção nos dias de hoje incluem roupas apropriadas, filtro solar e ausência de exposição solar entre 10hs e 16hs.

Esses cuidados têm alguns aspectos importantes destes cuidados que valem a pena conhecer. Confira:

Agentes físicos

De acordo com Ana Lucia as roupas são bons fotoprotetores. Você sabia que existem até sabões em pó com aditivos que absorvem UV? Eles influenciam o fator de proteção do tecido: trama, espessura dos fios, umidade, roupa nova e proximidade da pele.

Os chapéus com aba larga têm FPS 7 no nariz, 3 na bochecha e 5 no pescoço. Até os vidros blindados ou com filme protetor protegem contra UV e luz visível. O vidro comum somente UVB.

Luzes artificais

A luz fluorescente não é prejudicial, já a luz dicróica pode ser cancerígena se estiver em uma distância inferior a 50cm e incidir diretamente sobre a pele.

Repelentes e filtros

A dermatologista explica que a associação de filtro solar e repelente não é recomendada, pois os filtros devem ser aplicados com frequência, de duas em duas horas, o que aumenta a toxicidade do repelente. Quando usar, passe primeiro o filtro e depois o repelente

Curiosidades

Nuvens, poluentes, neblina: diminuem a radiação ultravioleta por dispersão. Neve, gelo, areia branca, vidro e metal refletem 85% da radiação UVB. Árvores com copa densa e muita folhagem tem alto índice de proteção solar.

No Brasil, estima-se que 76% dos homens e 62% das mulheres se expõem ao sol sem qualquer tipo de proteção. Não faça o mesmo!

A importância diária do uso de proteção solar já é mais do que conhecida por todos. Mas existem outros aspectos nem tão comentados assim e que tem muita importância na prevenção ao câncer.

De acordo com a dermatologista Ana Lucia Recio as recomendações para fotoproteção nos dias de hoje incluem roupas apropriadas, filtro solar e ausência de exposição solar entre 10hs e 16hs.

Esses cuidados têm alguns aspectos importantes destes cuidados que valem a pena conhecer. Confira:

Agentes físicos

De acordo com Ana Lucia as roupas são bons fotoprotetores. Você sabia que existem até sabões em pó com aditivos que absorvem UV? Eles influenciam o fator de proteção do tecido: trama, espessura dos fios, umidade, roupa nova e proximidade da pele.

Os chapéus com aba larga têm FPS 7 no nariz, 3 na bochecha e 5 no pescoço. Até os vidros blindados ou com filme protetor protegem contra UV e luz visível. O vidro comum somente UVB.

Luzes artificais

A luz fluorescente não é prejudicial, já a luz dicróica pode ser cancerígena se estiver em uma distância inferior a 50cm e incidir diretamente sobre a pele.

Repelentes e filtros

A dermatologista explica que a associação de filtro solar e repelente não é recomendada, pois os filtros devem ser aplicados com frequência, de duas em duas horas, o que aumenta a toxicidade do repelente. Quando usar, passe primeiro o filtro e depois o repelente

Curiosidades

Nuvens, poluentes, neblina: diminuem a radiação ultravioleta por dispersão. Neve, gelo, areia branca, vidro e metal refletem 85% da radiação UVB. Árvores com copa densa e muita folhagem tem alto índice de proteção solar.

No Brasil, estima-se que 76% dos homens e 62% das mulheres se expõem ao sol sem qualquer tipo de proteção. Não faça o mesmo!

veja também