Dança do ventre traz de volta a juventude e a sensualidade

Dança do ventre traz de volta a juventude e a sensualidade

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 12:07

Voltar no tempo seria um sonho para a maioria das mulheres. Quem um dia não mencionou  a frase “Ah, se o tempo voltasse…”. Ao invés de se lamentar pelo tempo “perdido”, o ideal é correr atrás do que se deseja. E a dança do ventre é uma das atividades que, além de ajudar a perder alguns quilinhos e a modelar o corpo, traz  inúmeros benefícios também para a mente e a alma. 

Para se ter uma ideia, uma aula de dança do ventre queima entre 300 e 400 calorias, além de tonificar e enrijecer a musculatura do abdômen, pernas, braços, costas e glúteos. Tem mais: também aumenta a circulação sanguínea, melhora o condicionamento físico e desenvolve a coordenação motora, melhorando o eixo de equilíbrio e proporcionando uma reeducação postural.

Débora Sabongi, professora e bailarina da casa de chá Khan el Khalili explica que “a dança do ventre ressalta as partes do corpo que a mulher acredita ser as mais atraentes, como, por exemplo, a coxa, a barriga, e atenua as menos favorecidas, gerando assim um bem-estar com ela mesma”.

Mulheres que apresentam autoestima baixa e que não se aceitam como são, também podem encontrar na dança uma oportunidade de se enxergarem com outros olhos. Débora afirma que, para ser feliz, a pessoa precisa antes de tudo aceitar-se. E a a dança do ventre ajuda a aflorar a feminilidade — o que torna a mulher mais sensual e mais segura para se relacionar. Além de desenvolver a agilidade mental, estimular a criatividade e aliviar o estresse. Tudo de bom, né?

veja também