Decepção com looks estampados, em Paris

Decepção com looks estampados, em Paris

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 1:40

A cada temporada fica evidente que há uma diferença entre a moda brasileira e a europeia quando se trata de verão. Mais ainda quando alguns detalhes já andaram nas nossas coleções. Foi o caso das paisagens botânicas e marinhas presentes no desfile do Dries van Noten durante o Pret à porter Paris, nesta quarta-feira (28).

Quem viu a apresentação restrita a poucos convidados do Pedro Lourenço, durante a São Paulo Fashion Week este ano, lembra das florestas e palmeiras que decoravam vestidos de seda. Mais antiga, a coleção a Osklen com os coqueiros de Ipanema, que o Oskar Metsavaht repete a cada temporada, porque são muito inspiradores para ele.

Isto abre o comentário sobre o Dries. Se não tivesse as referências brasileiras, poderia até dizer que os looks estampados são interessantes - bem diferente de bonitos. Como prefiro as versões nacionais, e não curti muito as outras propostas, impossível dizer que amei.

A aposta em calças com babado franzido sobre os quadris também não devem fazer sucesso em quadris latinos. O colorido, outro talento eterno dele, não passou do preto, branco, cinza, um sépia caramelado e um violeta-beterraba bizarro.

Há quem pensou que havia mudança de criador. Que nada: no final, lá veio o próprio, grisalho, o melhor da coleção.

veja também