Dias frios aumentam caspas e queda de cabelo

Dias frios aumentam caspas e queda de cabelo

Atualizado: Segunda-feira, 8 Setembro de 2008 as 12

Mudanças de temperatura e clima afetam a cabeça de homens e mulheres. Cerca de 40% da população adulta sofrem com problemas de caspa e forma leve de dermatite seborréica, influenciada por fatores alimentares, hormonais, emocionais e climáticos. Em períodos de temperaturas baixas há um aumento dos casos caracterizados por coceira, oleosidade excessiva e, até, perda de cabelo. Quem faz o alerta é Valter Claudino, médico dermatologista do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa de Santo André.

O outono e inverno são as épocas nas quais esses problemas são fortemente agravados. Segundo o dermatologista o clima seco e o frio fazem com que haja maior desidratação do couro cabeludo e aumente a descamação da pele, alguns hábitos adquiridos nessa época também induzem à caspa. "Com o frio, a freqüência de banhos diminui e há o uso abusivo de água quente que piora a caspa", diz o especialista.

Proteínas e dietas ricas em valores nutritivos são fortes aliadas no combate a esse problema. A utilização de água morna durante o banho é imprescindível e o uso de produtos como shampoo anti-caspa é fundamental para o controle da caspa.

"Produtos vendidos em supermercados merecem cuidados redobrados, pois muitos têm apenas intenção estética e podem prejudicar o couro cabeludo", completa o médico.

veja também