Dietas da Moda: uma ilusão perigosa

Dietas da Moda: uma ilusão perigosa

Atualizado: Terça-feira, 11 Agosto de 2009 as 12

Para atingir os padrões estéticos e conquistar o corpo perfeito, algumas pessoas buscam métodos alternativos e perigosos ou dedicam-se a diversos tipos de dietas que prometem milagres. Quem nunca ouviu as promessas ou até mesmo se arriscou na dieta da sopa, da lua, dos líquidos, do tipo sanguíneo, das frutas e até mesmo as arbitrárias aquelas que fazemos por conta própria. De uma forma geral estas dietas ajudam na redução de peso, mas são pobres em nutrientes. A nutricionista do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa de Santo André, Sheila Silva Castro, orienta para os riscos que estas dietas oferecem e afirma que o resultado é conhecido como "efeito sanfona".

Quando os números na balança começam subir, optar pelo método mais rápido pode parecer a melhor solução e as dietas receitadas por amigos acabam sendo as preferidas. Não buscar orientação de um profissional pode causar algumas complicações, uma delas é em pouco tempo, recuperar em dobro os quilos perdidos.

Essas dietas tornam-se populares por prometerem rápida perda de peso em curto espaço de tempo e de certa forma até funcionam em razão do baixo consumo de calorias, mas são perigosas porque limitam a ingestão de nutrientes e alimentos, fundamentais para controlar o peso e manter a harmonia do organismo.

Entre as mais conhecidas e perigosas dietas podemos citar algumas que sempre estão na moda:

Dieta da sopa - aparentemente é inofensiva, pois tem muitos legumes e dá a impressão de ser bem nutritiva, porém é pobre em proteínas.

Dieta das proteínas - aumenta o consumo de proteínas e gorduras e reduz os carboidratos para que o metabolismo troque o uso de glicose por gordura para gerar energia.

Dieta das combinações - não mistura carboidratos com proteínas no almoço e no jantar. Altamente desequilibrada, faz com que o organismo deixe de receber os nutrientes necessários.

Dieta da lua - nela é permitido consumir somente líquidos, como sucos de frutas, chá, caldos de carne ou de legumes após a mudança da lua. Pobre em proteínas e vitaminas leva a pessoa a comer o dobro no dia seguinte. Normalmente, estas dietas não causam perda de gordura, mas sim de água e massa muscular.

Segundo a nutricionista o ideal é perder peso de forma lenta e gradual. "É um trabalho a longo prazo, por isso, o ideal é comer de tudo um pouco e praticar exercícios regulares" explica a especialista.

Uma dieta saudável conta com o bom senso e o equilíbrio de três principais nutrientes, carboidratos, proteínas e lipídios. Certamente se houver a eliminação de um destes componentes haverá problemas para a saúde.

"O mais sensato é o indivíduo buscar ajuda de um profissional que recomendará uma dieta balanceada com mudança de hábitos alimentares. Só assim será possível atingir o peso pretendido sem prejudicar a saúde e nem recuperar os quilos perdidos", orienta Sheila.

As dietas da moda são baseadas em excessos e exclusões de alimentos, até de grupos alimentares inteiros, o que prejudica o organismo.

Outro método muito comum para emagrecer, porém igualmente perigoso, são as dietas desintoxicantes, entre elas estão chás de efeito laxante, água morna com sal, limonada com pimenta e água mineral. Além destas existem dietas do jejum à lavagem intestinal, que permitem apenas o consumo de sucos, purês de vegetais, sopas sem nenhum sólido dentro ou ainda durante um dia inteiro alimentar-se somente de cenoura crua e maçãs.

O que muita gente não sabe é que estas dietas de desintoxicação levam o indivíduo a desidratação, problemas nos rins, fraqueza muscular e arritmias cardíacas. Outro fato muito importante em relação ao jejum é que ele pode produzir o efeito inverso, ao desacelerar o metabolismo, a restrição calórica torna ainda mais difícil perder peso.

O mais importante ao iniciar uma dieta é procurar um profissional especializado no assunto.

"Não existem dietas milagrosas. É preciso dar o primeiro passo e este deve ser a vontade do indivíduo em mudar seus hábitos alimentares e de vida, para que obtenham resultados satisfatórios e verdadeiros".

veja também