Diferenças entre ajuste e reforma

Diferenças entre ajuste e reforma

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 10:14

Roupa comprada pronta não é feita pra gente, ninguém (ou quase ninguém) tem tamanho padrão homogêneo e equilibrado pro corpo inteiro – tem gente que é 38 na parte de cima e 40 na parte de baixo, ou mesmo (super frequente!) tem bumbum 42 e cintura 40. Por isso toda loja tá preparada pra ajustar peças, pra deixar o que não foi feito pra gente com caimento um pouquinho mais personalizado, mais cuidado, mas "prestado atenção". Quem faz compras com a gente aprende isso rapidinho porque quase nunca a gente sai de uma loja com a sacola – 99% das peças que a gente experimenta/compra com clientes fica pra ajustar e a gente leva pra casa só o papelzinho com a referência do serviço (alô ansiedade!).

Acontece que a gente pode se empolgar nos ajustes e customizar a peça além do necessário – ou além do que as costureiras da loja estão preparadas pra customizar: ajuste é uma coisa, reforma é outra! Tempos atrás a Cris, ótima vendedora da Lila Ka aqui em SP, explicou pra gente que a marca organiza workshops com toda a equipe a cada estação pra explicar o que é possível e o que não é possível "operar" nas peças, pra que não haja ultrapassagem de limites na hora do provador. Simplificando, é considerado ajuste o que adapta a peça à anatomia específica de quem usa; é considerada reforma o que influi no design da peça, o que altera o trabalho da estilista!

Então conta como ajuste diminuir a cintura, subir alcinhas, arrumar alturas de punhos e barras, tirar excesso de tecido na costura debaixo dos braços e tals – tudo sem mudar as características originais da peça. Conta como reforma acrescentar pences pra acinturar uma peça que é mais soltinha, mudar a costura do ombro de lugar, inserir botões extra no decote, tirar detalhes como pregas ou fendas, tirar zíper e mais. Até fechar bolsos pode influir no trabalho intelectual da estilista, então conta como reforma veja só!

Vale super prestar atenção nessas "interferências de provador" – e ter em mente que calça largona é pensada pra ser largona, encher de alfinetes pra deixar a modelagem sequinha é desfazer um trabalho anterior (por exemplo). E ter na agenda o número de uma costureira super experiente pra essas eventuais interferências, né?

veja também